11 2155-9358
Institucional Blog Pesquisas CEP FJLES Cursos
Data inicial
Estágio Hospitais Boletins Releases Parcerias
Ícone Data Final
Busca rápida
Busca avançada
Institucional Voluntariado Parcerias Releases Boletins
Data inicial
Núcleos Cursos Estágios Hospitais Blog
Ícone Data final
Busca rápida
Busca avançada

Guloseimas da Bia

Um Adeus Sabor Caramelo

[web]caramelo solo cor

Uma das grandes vantagens de ser mãe é poder presenciar momentos de descobrimento do mundo das crianças, que veem tudo com olhos curiosos e ingênuos. O jeito de explicar as coisas e a si mesmas, sempre bem humoradas e com uma criatividade natural.

(mais…)




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Morangos fora de época

morangos

Eis que depois de um ano bem esquisito, climaticamente falando, alguma coisa começa a acontecer como previsto. Isso é, o calor está chegando. E com o calor, a vontade de comer e tomar coisas refrescantes.

Por aqui já postei receita de sorvete de banana, já falei nostalgicamente sobre pequenos prazeres da infância ensinando como fazer sanduíche de sorvete e já celebrei o verão com o refresco preferido aqui de casa.

Hoje divido com vocês uma receita muito prática, rápida e saudável de petisquinhos de morangos. Não está exatamente em época de morangos, mas ultimamente a vontade foi tanta e o tempo tão pouco que abri uma exceção para a minha regra interna de não consumir morangos fora de época.

 

 Morangos Geladinhos

Ingredientes:

  • Uma caixinha de morangos (200g, aproximadamente)
  • 1 ou 2 potes de iogurte natural (recomendo do tipo grego pela consistência, mas pode ser o se sua preferência)

 

Modo de preparo:

Essa receita funciona melhor com morangos pequenos. Separe-os, lave-os e corte fora as folhinhas. Deixe secando.

Prepare uma assadeira que caiba no seu freezer com papel manteiga no fundo.

Coloque o iogurte em uma tigela e dê uma misturada com uma colher. Mergulhe os morangos no iogurte e vá colocando-os na assadeira.

Quando terminar leve ao freezer por 5 minutos e repita a operação de mergulhar os morangos para deixa-los mais redondinhos e uniformes. Leve novamente ao freezer na assadeira e quando o iogurte estiver totalmente congelado, guarde-os em um recipiente tampado, tipo tupperware.

 

assinatura-beatriz




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Dando Pano Pra Manga Pro Paladar Infantil

creme manga

Criança pequena tem uma curiosidade e uma abertura para coisas novas que são verdadeiramente fascinantes. Você pode por qualquer coisa na frente deles que vão querer por na boca pra experimentar, até pedra. Ou no meu caso, até a comida do gato… É colocar a criança no chão e ir pegar o brinquedo caído, pronto, já está lá o bebê fazendo arte.

(mais…)




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Bolinhos de limão

david e o bolo de limão

Uma das minhas coisas preferidas da vida é sentar na varanda (ou na cozinha, na sala – em qualquer lugar, na realidade) e tomar com café comendo alguma coisinha. Se for bolo simples, melhor ainda!

Esse bolo de limão é campeão, sucesso de bilheteria sempre que faço. Todo mundo aqui em casa ama e meus amigos vibram quando o levo para o café-da-manhã dos meus grupos de estudo. Ele é denso mas leve, doce mas não muito, incrivelmente aromático e desmancha na boca.

Além de tudo, é muito versátil, dá pra fazer praticamente em qualquer formato. Eu adoro ele com sementinhas de papoula também, se você encontrar, e se quiser uma caldinha, chocolate amargo cai como uma luva.

 

Hoje eu fiz ele nesse formato de mini-tubo porque é ótimo pra congelar e deixar lá pra quando a necessidade de parar e descansar um pouquinho bater forte, em poucos minutos, está lá. Ah sim, e quando a criança tiver querendo um lanche de última hora!

 

Caso não tenha uma similar, forma de cupcake funciona com um tempo de forno reduzido.

 

Bolinhos de limão

Rende 8 bolinhos ou 16 cupcakes

 

Ingredientes:

–      120g manteiga sem sal

–      100g cream cheese

–      ¾ xícara de açúcar

–      2 ovos caipiras

–      1 colher (sopa) suco de limão siciliano

–      1 colher (sopa) raspas de limão siciliano

–      ½ colher (chá) essência natural de baunilha

–      1 xícara de farinha de trigo

–      2 colheres (sopa) de amido de milho

–      1 colher (chá) fermento em pó

–      1 pitada de sal marinho

–      1 colher (chá) gengibre em pó

 

Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno a 180o C e tenha as forminhas preparadas e untadas.

Em uma vasilha peneire a farinha de trigo com o amido de milho e misture com o fermento, sal e gengibre em pó. Misture tudo e reserve.

Bata a manteiga com o cream cheese e o açúcar até que fique bem cremoso e fofinho. Adicione os ovos um a um batendo bem a cada adição até que fiquem bem incorporados. Junte a essência de baunilha.

Diminua a velocidade da batedeira ao máximo e coloque a mistura de farinha aos poucos. Adicione o suco de limão e as raspas. Misture com uma espátula apenas até que a massa esteja homogênea.

Divida a massa nas forminhas e asse por cerca de 22 minutos (se estiver fazendo cupcakes, o tempo deve ser de aproximadamente 16 minutos), até que ao fazer o teste do palito, ele saia limpo. Cuidado para não assar demais: essa massa não cora muito e pode enganar!

assinatura-beatriz




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Dois Coelhos

image003-300x242

Não sei aí, mas por aqui o ano parece que passou e eu nem vi. Meio ano, que seja. Quando se tem crianças, percebemos a máxima do “o tempo voa” ainda mais intensamente. Também porque elas ocupam um lugar especial na nossa reserva temporal, por assim dizer, mas principalmente porque tenho a impressão de que se desenvolvem na velocidade da luz! Parece que foi ontem que Davizinho chegou ao mundo todo dorminhoco e mamando no peito. Hoje ele come de tudo e está aí, quase andando, ganhando o mundo abraçado no irmão.

Por essas e outras, ainda no ritmo alucinante, agora potencializado com as férias escolares, hoje venho com uma receita dupla pra você mamãe que tem filhos de idades diferentes e quase tempo nenhum pra pensar em lanches para faixas etárias diversas.

Pera com Baunilha para Bebê e para Criança

(rende um copo de refresco e um pratinho de papinha)

Ingredientes:

–      2 peras grandes maduras, descascadas e sem caroço.

–      1 fava de baunilha, aberta e com as sementes tiradas (se não tiver pode substituir por 2 colheres (chá) de essência, preferencialmente natural)

–      1 colher (sopa) de suco de limão

–      2 colheres (sopa) açúcar

–      Água com gás

 Modo de preparo:

Corte as peras em 4 e cozinhe no vapor até que estejam mais macias.

Numa panela pequena, coloque as peras, o suco de limão e as sementes de baunilha (ou a essência). Cozinhe tudo até que as peras estejam praticamente desmanchando. Retire do fogo e amasse tudo com um garfo ou mixer.

Divida em 3 partes e coe duas delas reservando o líquido. Adicione o açúcar e mexa até que esteja completamente dissolvido. Junte a polpa coada à outra parte e deixe esfriar tudo.

Você deverá ter aproximadamente 120ml de líquido. Adicione 240ml de água com gás e sirva para a criançada como refresco.

O restante do purê de pera, pode dar de lanche ou sobremesa para seu bebê de acordo com a quantidade que ele está acostumado.

Se você só tiver crianças, pode dobrar a quantidade de açúcar e adicionar tudo direto na panela e proceder como na receita coando todo o purê.

Se você só tiver bebê, suprima o açúcar e simplesmente amasse tudo, sem coar. Se as peras não tiverem bastante docinhas, pode até deixar o suco de limão de fora.

 

Boas férias!

assinatura-beatriz

 




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Primeiro Cereal Para Vencer o Caos

Weening

O universo está de cabeça para baixo. É Copa do Mundo, inverno, filho doente. Não pera, dois filhos doentes! Até o marido tá doente, e eu aqui tendo que ir trabalhar. Daqui a pouco eu estou doente também. E como tem trânsito nessa cidade! E o frio? E o calor? É tudo junto ao mesmo tempo agora.

E por isso eu ainda não consegui entrar na cozinha pra inventar docinhos. Só entro na cozinha pra fazer papinhas, estou me tornando uma verdadeira alquimista de papinhas!

Acho que vou começar uma nova fase da coluna de papinhas pra bebês, será que a produção deixa? Será que tem algum interessado? Às vezes me sinto falando pro nada… tem alguém aí?

Mas enquanto não vem resposta e a vida segue nessa aceleração insana, me manterei no tema com uma receita de cereal de arroz vapt-vupt que é excelente pra introdução de comidas sólidas para pequeninos.

 Cereal de Arroz Integral

(Funciona com arroz branco também, mas o integral é mais nutritivo)

Escolha a quantidade de arroz que quiser, eu faço normalmente de 1 a duas xícaras. Lave bem e deixe escorrendo até que esteja completamente seco. Coloque no liquidificador e triture até que se de torne um pó, como uma farinha (só não precisa ser muito fino). Guarde em um recipiente fechado.

 Para preparar: numa panela pequena, coloque um pouquinho de água, ½ xícara é o suficiente. Deixe ferver e adicione cerca de 2 colheres de sopa da farinha de arroz. Mexa bem com uma espátula até que esteja completamente cozido, cerca de 3 minutos.

Vai ficar com uma consistência parecida com mingau, mas um pouco pegajosa, dependendo da quantidade de água. Tire do fogo e adicione um pouquinho mais água, leite ou fórmula até que atinja a consistência desejada (mais durinha ou mais fluida).

Amasse uma banana bem docinha (eu gosto daquela pequenininha Ouro, que é um mel) e misture com o arroz, misture bem e se quiser, coloque uma colher de chá de essência natural de baunilha.

Pode misturar outras frutas também. Ou dar o cereal puro. Só não vale colocar açúcar, porque não precisa! As crianças devoraram tudo sem precisar de incentivos, vocês vão ver. Meu Davizinho só de ver começa a dar pulinhos de alegria.

 assinatura-beatriz

 

 

 

 




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Meu Retorno ou Notas Sobre Amamentação

áá Caroline Rosa á fotografia de fam’lia áá   á www.carolinerosa.com á

Meu Retorno ou Notas Sobre Amamentação

Não dá pra dizer que foi uma curta “licença” como eu havia previsto, mas estou de volta, finalmente, depois de 6 meses. Ainda não consegui voltar pra cozinha porque a demora do meu retorno não teve tanto a ver com bebê pequeno quanto uma série de imprevistos e complicações que coincidiram com minha ausência aqui para dedicar-me ao Davizinho.

 

Mas eu queria voltar a escrever. Então resolvi seguir a sugestão de meu pai e cá estou, tentando não fugir muito do meu tema, para falar sobre amamentação.

 

Que fique claro desde já que não sou nem pretendo ser especialista no assunto. Não vou entrar no mérito das vantagens e desvantagens de peito versus mamadeira, nem qual é o mínimo ou o máximo que uma mãe deve amamentar seu bebê.

 

Eu, na verdade, resisti um pouco a escrever sobre esse assunto porque não sei bem que dica eu poderia dar… Me sinto uma pessoa de muita sorte em relação à maternidade, tudo aconteceu tão naturalmente pra mim que sinto não ter feito muita coisa. As duas vezes que fiquei grávida não tive problema nenhum, passei muito bem até o último dia, tive dois parto normais, o segundo, então, foi tão normal que não deu tempo nem dos médicos chegarem no quarto do hospital, ainda bem que tinha a enfermeira pra segurar o neném pra mim – mas essa é outra história, se quiserem, outro dia eu conto. Pra amamentar também: os dois pegaram fácil, não me causaram ferida e eu tinha muito leite desde o começo.

 

Qual é o segredo?

 

Sinceramente, eu não sei.

 

O que eu sei é que há uma enorme pressão para se tornar um ideal inatingível de mãe perfeita e admirada pela sociedade. As teorias por aí são muitas, há praticamente uns 100 mandamentos dos bons pais, e ai de nós se não os cumprirmos todos. É um mundo cruel para uma futura mãe que cai nessas armadilhas.

 

Sinto uma insegurança bem grande das mulheres ao meu redor, convencidas com o fato de todo mundo saber mais de seus filhos do que elas mesmas.  Se prestam a ler tudo sobre maternidade vindo de “especialistas” e esquecem de sentir as coisas. Minha geração de mães é a geração da teoria, que tem todo o conhecimento disponível mas falta bom senso para tomar decisões banais sozinhas. Ligam pro pediatra pra saber se podem passar o protetor solar na criança. Sério.

 

Eu sei que nada disso tem a ver com amamentação. Mas tem a ver com o que eu acho que é o problema que muitas mulheres encontram em amamentar.

 

Quando engravidei a primeira vez achei graça de virem me dizer pra me informar mais sobre amamentação. Eu pensava que era só tirar o peito pra fora e o nenezinho ia sugar. Não? Não. Tem até enfermeira especializada no assunto, ela pode ir na tua casa e te ensinar tudo. Puxa vida. Como faziam antes das enfermeiras especializadas? Eu me pergunto. Havia muita gente sem conseguir amamentar? Acho que não. Não tenho nenhum dado estatístico pra sustentar minha hipótese, mas me parece que as pessoas hoje têm muito mais problema em amamentar do que antes.

 

Posso estar errada, mas essa teorização toda junto com o medo de falhar acabam incentivando à criação de uma série de manuais das mães infalíveis. Isso é ridículo.

 

 

Engravidei de Tomás no susto, e costumava dizer para quem se chocava com minha calma que quando as pessoas decidem engravidar normalmente têm a ilusão de estarem prontas para serem pais. Já eu, tinha certeza que não estava pronta, e isso era uma vantagem porque o que desse certo seria lucro.

 

O que eu não esperava é que quase sempre dará certo. Pode não ser como imaginava, mas de um jeito ou de outro, dá. As crianças têm uma capacidade admirável de adaptação, e se você amar, der atenção e carinho pro seu filho, tiver flexibilidade e o bom senso para saber quando e como improvisar, a chance de conseguir atravessar todos os obstáculos que surgirão é altíssima.

 

Hoje eu não tenho uma receita pra vocês.

 

Mas se fosse pra dar uma sugestão para quem quer amamentar seria: fique calma. Você foi feita pra isso, seu corpo foi feito pra isso, está no seu DNA, não tem porque dar errado.

 

Se demorar um pouco, não se desespere e tenha paciência, ouça seu médico. Ansiedade pode piorar ainda mais o andamento das coisas.

Se doer, abstraia, pode ser que melhore com o tempo. E se não conseguir abstrair e não melhorar, reflita se é isso mesmo que você quer. Porque não tem problema não querer.

 

Há meios hoje em dia para contornar essas e outras dificuldades. Conheço histórias de pessoas que atravessaram obstáculos dificílimos em relação à amamentação e conseguiram ir até o fim, outras que por muito menos desistiram. Não tem resposta certa ou errada. Tem o que funciona pra cada um, seja sensível e encontre a melhor opção pra você e seu bebê – que às vezes será dar uma mamadeira.

 

Seja lá como for sua experiência, amamentar ou dar fórmula não te torna melhor ou pior mãe, apesar do que as pessoas pouco generosas que habitam os parquinhos (e tantos outros lugares) podem dizer.

 

O que te torna melhor mãe é descobrir e nutrir as necessidades do seu filho da melhor forma que estiver ao seu alcance. E isso só você poderá dizer o que é.

 

assinatura-beatriz




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Pirulito de Chocolate

Uma receita para tornar este início de novembro, com gostinho de final de ano, mais delicioso

pirulito de chocolate

Foto: retirada do site da UOL

Como todos sabem, a Bia, nossa querida colunista responsável pelas receitas maravilhosas no nosso blog, está de licença para cuidar do David.

Para não deixarmos um assunto tão gostoso e divertido de lado, enquanto ela curte o momento com o novo herdeiro, eis aqui uma receita muito simples de fazer encontrada no site da UOL que, com certeza, fará o dia da criançada.

(mais…)




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

O inigualável sabor da vitória

Eis uma receita memorável com um gostinho de muitas saudades

panqueca de abobora 2

Vai parecer piada, mas mal voltei para dar a notícia de que estou grávida e já venho aqui dizer que terei que dar uma sumidinha de novo. O motivo não poderia ser outro: é possível que, ao lerem estas linhas, o pequeno David já esteja nos meus braços. E como quem tem filhos pequenos sabe que é uma loucura no começo, vou tirar uma curta licença até que tudo esteja mais ajeitado para que eu possa voltar à cozinha com calma. Mas não devo demorar muito.  Quando menos esperarem, estarei de volta na blogosfera!

(mais…)




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Um retorno cheio de novidades

Além da receita do mês, trago mais um personagem para esta aventura

Um retorno cheio de novidades

Sumi um pouquinho. Fui ali, mas já voltei. E trago novidades: em breve, as histórias dessa coluna ganharão mais um pequeno herói. Trata-se do mais novo membro da família que chegará ao mundo logo, logo. Sim, é isso mesmo. Você entendeu bem, eu estou grávida!

E tão logo esta notícia é dada, as pessoas me perguntam: “E o Tomás, como está com isso?”

Ele está ótimo.

Claro, no começo ele não gostou muito, mas também não fez nenhum esforço pra esconder. Ele sempre foi uma criança muito amorosa e, à medida que o tempo foi passando, parece que a ideia foi assentando e lhe parecendo cada vez mais atraente:  logo o irmãozinho seria seu amigo e brincariam de dinossauro juntos. E de carrinho. E de 3 porquinhos também!

(mais…)




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.
Páginas123