11 2155-9358
Institucional Blog Pesquisas CEP FJLES Cursos
Data inicial
Estágio Hospitais Boletins Releases Parcerias
Ícone Data Final
Busca rápida
Busca avançada
Institucional Voluntariado Parcerias Releases Boletins
Data inicial
Núcleos Cursos Estágios Hospitais Blog
Ícone Data final
Busca rápida
Busca avançada

Histórias de Superação

Aniversário de 15 anos na UTI: Cássia “aprontou” e… CURTIU!

cassia
Escrevo em primeira pessoa, com nome e sobrenome, obviamente com a autorização dos pais de Cássia, Valéria e Willians, a quem agradeço a generosidade de compartilharem sua história.

 

Há mais de três meses no Sabará, Valéria esperava ansiosamente o dia CINCO de MAIO.

Para este dia muitos desejos foram secretamente projetados, muitos sonhos foram gestados e muito trabalho: preparava-se no corpo e na alma a esperada da festa de 15 anos de Cássia. O dia de seu aniversário era o limiar para todos os sonhos de alta hospitalar, quando então organizariam a festa, com bolo e parabéns bem barulhento, com príncipe e princesa, que sempre fizeram a alegria desta pequena moça, portadora de uma síndrome que nunca se apresentou pelo nome.

Mas Cássia “aprontou”, como Valéria sempre diz. Na última semana de abril não dava sinais de melhora significativa. Parâmetros alterados, os rins ameaçando dar trabalho, o desânimo tomou conta de todos. A equipe tentava animar a família, imaginando a festa ali, na UTI, com o que fosse possível. Os dias passaram e no dia quatro de maio Cássia continuava intubada, na luta para debelar um grande processo infeccioso.

Amanhece dia cinco. Dia do aniversário. Cássia um pouco mais acordada e ativa, parâmetros bons, quadro mais estável e… extubação marcada para as 13h!!!!

Valéria relata: “e foi a nossa alegria, ela sem tubo, respirando sozinha e consciente. Peço ao meu marido Willians que traga o bolo e o irmão tão amado. Cássia curtiu o quarto enfeitado com bexigas e o carinho da equipe. Cantamos parabéns do jeito que ela gosta com toda alegria e bagunça… Cássia abriu os olhos e curtiu tudo. Quando o cantar acabou, ela derrubou uma lágrima e a partir daquele momento começou a descompensar e precisou ser reintubada….”

Seguramente, Cassia curtiu seu aniversário, como conta Valéria. Talvez menos do que a família sonhou, mas muito mais do que todos esperavam nas últimas semanas.

No dicionário, curtir, na linguagem informal, pode ser:

4. Queimar a pele por exposição ao sol ou ao vento.

5. Suportar sofrimento ou situação penosa. = .AGUENTAR, PADECER, SOFRER

6. Tornar mais forte, mais resistente. = CALEJAR, ENDURECER

ou

7. Sentir prazer ou satisfação; gostar muito de = APRECIAR, DELEITAR-SE, DESFRUTAR
É inegável que Cassia CURTIU seu aniversário. Cantou Parabéns e derramou uma lágrima. Uma imagem forte e delicada, esperançosa e triste, uma imagem de quem está na luta, quem padece, endurece e aprecia.

Curtiram Valéria e sua família: “É um misto de sentimentos… feliz e agradecida a Deus por ter permitido e nos presenteado em deixa-la acordar e participar de sua singela festinha, respirando sozinha e consciente. Um tanto triste pela descompensação. Mas ela é guerreira e vencerá todos os obstáculos.”

Padece, endurece a apreciaaguenta, caleja e desfruta. Quem de nós pensa na vida conjugando simultaneamente todos estes aspectos?

Respondo de pronto, com orgulho e gratidão, ao conhecer esta e outras tantas famílias. Quem conjuga todos estes aspectos da vida, a encara com BRIO, ou seja:

1. Sentimento que induz a cumprir o dever ou a fazer algo com perfeição ou sentido de responsabilidade.

2. Generosidade.

3. Valor.

4. Garbo, elegância.

5. Fogo, vivacidade
O que mais há para acrescentar?

 

Gláucia Faria da Silva e Valéria

Pulicado por Instituto Pensi




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Histórias de Superação: o caso Isaac

Um recém-nascido que enfrentou uma batalha muito cedo, mas com muito sucesso

Superação-Isaac-3

Tive uma gravidez muito desejada, feliz e sem nenhuma intercorrência.

A espera pelo nosso bebezinho, nosso primeiro filho, foi com certeza um dos momentos mais felizes e marcantes de nossas vidas.

Quando o grande dia finalmente chegou, era como um sonho se tornando realidade, muita, muita alegria.

Foi então que, no dia 15 de julho de 2013, devido a um tranquilo parto cesáreo, com 39 semanas de gestação, que nosso Isaac veio ao mundo.

(mais…)




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Histórias de Superação: o caso Benjamin

Conheça o caso desse pequeno que venceu a cranioestenose

Benjamin1

Quando o Benjamin nasceu, eu e o meu marido notamos uma assimetria bem discreta na cabecinha dele. Perguntamos ao pediatra da maternidade e ele disse que era por causa da posição intra-uterina e que logo ficaria normal. Na primeira consulta com o pediatra, ele também não notou qualquer problema. Com o passar do tempo, ao invés de melhorar, ficou um pouco mais aparente.

(mais…)




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Histórias de Superação: o caso do Léo

Eis o relato desse campeão que continua na luta para recobrar a saúde e o bem-estar

Léo-2

Meu nome é Analy, sou mãe do Léozinho, um pequeno guerreiro que veio de presente para minha família no dia 17/09/2012. Ele estreava sua história nesse mundo, já escolhendo o dia e hora que queria nascer, já me mostrando que esse sabia o que queria.

(mais…)




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Histórias de Superação: o caso Melina

Eis o relato emocionante de um pai que jamais desistiu da saúde dessa pequena vitoriosa

Melina---Casos-de-Superação

Hoje, trazemos a história de Melina, uma criança que nasceu de forma prematura, com apenas 28 semanas. Em meio ao momento de plenitude dos pais, surgiram os problemas. Melina ficou muito tempo entubada, o que rendeu dias de apreensão. Em seu 4º dia de vida, a pequena passou por uma cirurgia delicada: uma correção de Persistência do Canal Arterial (PCA).

Tudo parecia bem, Melina parecia mais saudável, mas, devido às diversas entubações e extubações, a pequena desenvolveu estenose, uma obstrução da região interna da traqueia. A partir daí, começou a corrida dos pais à procura de profissionais da área de saúde, onde, por fim, a família encontrou o caminho até o Hospital Infantil Sabará. Confiram o relato:

(mais…)




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.

Histórias de Superação: o caso do Otávio

Este é o primeiro post de muitos com relatos dos nossos ex-pacientes (e pacientes) que persistem na busca de melhorias na saúde dos filhos

Superação Inicio otávi[=~´çp.

Em breves palavras, deixo aqui registrado um pouco da minha história com meu filho Otávio Marcos e o Dr. Fernando G. Pinto, que usou seus conhecimentos médicos, que não são poucos, para salvar meu filho. (mais…)




Avatar
Instituto Pensi
O Instituto Pensi é o braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal enquanto o Hospital Infantil Sabará é seu braço de assistência médica.