PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Academia Americana de Pediatria recomenda vacinação
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Academia Americana de Pediatria recomenda vacinação

Academia Americana de Pediatria recomenda vacinação

27/12/2011
  397   
  1
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Crianças, adolescentes e adultos devem tomar uma única dose da vacina dTpa

Coqueluche (também conhecida como tosse comprida) é uma infecção grave e facilmente transmissível e tem como sintoma tosse intensa e violenta. Ela afeta, principalmente, adolescente e adultos, mas pode aumentar o número de casos e de mortes em crianças pequenas, que são muito jovens para serem vacinadas, é o que acontece, atualmente, no Brasil. Muitas vezes, a enfermidade é transmitida por membros da família.

Na declaração da nova política de imunização, Additional Recommendations for Use of Tetanus Toxoid, Reduced-Content Diphtheria Toxoid, and Acellular Pertussis Vaccine (Tdap), na edição de outubro de 2011 da Pediatrics (publicada on-line em 26 de setembro), a Academia Americana de Pediatria (AAP) e os Centros de Controle e Prevenção de Doenças Americano (CDC) revisaram as recomendações anteriores para o uso da vacina dTpa (tríplice tipo adulto contra difteria, tétano e coqueluche) em crianças e adultos.

A AAP recomenda uma única dose da vacina em crianças de 7 a 10 anos de idade, que tenham carência da dTpa no histórico de vacinação. Os adolescentes também devem ser vacinados, mesmo que as jovens estejam grávidas. Os adultos, que têm contato com crianças, também devem tomá-la de uma vez, mesmo que tenham mais de 65 anos e isto inclui os profissionais de saúde de qualquer idade.

Lembramos que no calendário brasileiro, a vacinação para adulto, com duplo tipo para difteria (inflação na mucosa do nariz, da garganta, às vezes, afeta a traqueia e os brônquios) e tétano (doença grave que causa espasmos nos músculos) deve ser dada a cada 10 anos, a partir dos 15 de idade.

Por Dr. José Luiz Setúbal

Fontes: Portal da Saúde (http://bit.ly/p7mJt) e “Additional Recommendations for Use of Tetanus Toxoid, Reduced-Content Diphtheria Toxoid, and Acellular Pertussis Vaccine (Tdap)” – out/2011 Pediatrics

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade