PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
O adeus à soneca da tarde
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
O adeus à soneca da tarde

O adeus à soneca da tarde

01/11/2013
  372   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

O relato do momento em que o filhote descansava e a mãe aproveitava

soneca da tarde

Sim.

Ela foi a solução para parte dos meus problemas durante muito tempo.

Sonequinha me permitia esticar as pernas, cuidar da casa, do blog, da família e dos cachorros.

Me dava tempo de tomar um banho, ler, preparar aula.

Mas acabou-se.

De solução virou problema.

Explico.

Eu até já sabia que a soneca tinha seus dias contados.

Não gostava da ideia por achar essa pausa no dia importantíssima pro filhote.

Mas até então, inocente que só, achava que ele ia parar de dormir e só.

Mas nãããão.

A vida é uma graça, lembra?

Agora, Isaac não só deixou de tirar a abençoada soneca como teimou em dormir às 17h30.

Aí não dá, né?

Quem aguenta uma rotina de ir pra cama às 20h pós-soneca às 17h????

E eu, pobre sofredora desta vida materna, ainda me deparo com a situação seguinte:

a) se eu o deixo dormir no final da tarde pra acordá-lo uma horinha depois, o resultado é uma criança chata, cansada, estressada que não janta, não brinca, não quer saber de banho nem história;

b) mas há dias em que acordá-lo é impossível. Ele não se mexe, vira de costas e continua roncando;

c) e aí, acorda meia-noite num pique invejável.

d) mas, caso eu não deixe que ele durma às 17h, ficamos ambos esgotados, já que ele com sono quer saber de nada e de tudo ao mesmo tempo, não tem fome, não tem saco, zero ânimo.

… e não há meios de fazê-lo “sonecar” às 14h, como era de costume.

Oh vida! Oh céus!

Posso?

assinatura-carol-v3 (3)

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade