PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Bullying: ajude a combater essa prática
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Bullying: ajude a combater essa prática

Bullying: ajude a combater essa prática

06/09/2011
  861   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Bullying é o termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo, causando dor e angústia, sendo executadas dentro de uma relação desigual de poder.

Tal relação consiste em incutir as mais diversas formas de violência inclusive nos ambientes escolares. Abaixo, listo três dicas importantes para combater essa prática abusiva.

1- Tome uma atitude, reaja contra o bullying:
O verdadeiro bullying só acontece em situações em que os mais novos se encontram por conta própria, sem a companhia e a tutela de adultos, sem ainda ter condições para tal.” Rosely Sayão – leia o artigo completo no blog, veja os videos e comente.

2- “Palavras podem machucar. Não faça parte disto”, tome uma atitude contra o bullying.

3- O preço do silêncio. Veja o filme e deixe um comentário:
Quando você fica em silêncio vendo alguém sendo agredido, seja por palavras ou por atitudes, você está colaborando com o bullying. Tome uma atitude, reaja contra o bullying, saia do silêncio.

Enviado por Dr. José Luiz Setúbal



Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

  • Edmara disse:

    Parabéns pela publicação e esclarecimento sobre esse assunto tão polêmico e difícil para crianças e adolescentes… Já sofri bullyng na infãncia e superei, mas, muitos não conseguem.. abraço

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade