PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Contando o tempo
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Contando o tempo

Contando o tempo

12/09/2014
  492   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

tempo

– Mamãe!!! É amanhã que eu vou ser do Jardim 1??? – disse o menininho de 4 anos, já cansado do clima de férias que habita nossa casa desde dezembro.

 

– Não, filhinho… Tem mais uma semana de férias. Aí sim você vai ser do Jardim 1.

 

E ele emburra.

Emburra porque esperar é um saco.

Ainda mais nessa idade onde tudo parece ser perda de tempo.

Ainda mais quando cinco minutos é tempo demais.

 

Isaac tem sofrido com esse negócio de contar o tempo.

Está entendendo sobre os conjuntos de dias que formam semanas, meses e anos.

Também arrisca sobre segundos, minutos e horas.

E se a contagem passa de dois (sejam segundos ou anos) ele já acha um absurdo.

 

Não quer esperar.

Quer tudo imediatamente agora.

Bufa, faz cara feia, pergunta sobre o tempo e reclama dele.

E sofre.

 

– Mamãe, nós vamos ficar muito aqui na casa do amigo?

 

– Não, amor, vamos embora daqui a pouquinho.

 

Pronto.

Aí a ansiedade é tanta que ele perde todo o tempo que deveria ser brincado vindo me fazer a tal pergunta:

 

– Nós já vamos embora????

 

E acaba que não brinca.

Passa mais tempo me questionando sobre o tempo que lhe resta e roendo o tico de unha que lhe sobra do que brincando.

Triste.

 

Eu acho uma pena.

Mas sei que ele ainda não tem esse controle.

Um dia terá.

Mas hoje sofre.

E não sabe o que é se arrepender direito.12

E continua de mal com o tempo.

Até que um dia aprende.

Tomara

Carol Garcia

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade