PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Os cuidados de uma gravidez saudável
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Os cuidados de uma gravidez saudável

Os cuidados de uma gravidez saudável

13/10/2011
  906   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Momento é delicado e único na vida de toda mulher. Saiba como aproveitar melhor esse período, tomando atitudes simples e eficazes.

A alegria de gerar um filho é algo indescritível, nada se compara a esse milagre divino. É como se Deus tocasse com os dedos, colocasse um pontinho de luz na sua vida e você tivesse consciência que tudo mudaria para sempre. Uma mágica sem precedentes. Inacreditavelmente, após três meses de concepção os dentinhos do seu filho começam a se formar, e a quantidade de cálcio, fósforo e vitaminas são fundamentais nessa fase. Esses elementos chegam até o bebê pela corrente sanguínea, e a falta deles pode significar uma má formação de dentina e esmalte. Uma boa mineralização significa dentes mais fortes e com menos predisposição a cáries.

O flúor ingerido nessa fase pode ser um erro grave, muitas vezes causa uma doença chamada “fluorose”, que é o excesso de flúor, deixando a superfície dos dentes fracos e desmineralizadas. O flúor se torna importante se usado na superfície do esmalte e não por via “sistêmica”, isto é, pela corrente sanguínea.

A mãe deve tomar cuidados redobrados com o uso de “drogas”, mesmo o mais simples remedinho para gripe pode conter substâncias nocivas na formação do bebê. Nada deve ser administrado sem conhecimento médico.Você sabia que lá pelo sétimo mês de gestação seu filho pode começar a chupar o dedo? Nas semanas antes do bebê nascer ele já está fazendo movimentos de sucção, treinando para se alimentar.

Hoje em dia não é mais usado antibiótico que contenham “tetraciclina”, mas dependendo da carência da região do Brasil, ainda se escuta esses absurdos. Essa substância pode afetar o desenvolvimento dos dentes, e quando nascerem estarão com uma coloração acinzentada, amarela ou laranja-claro, dependendo da quantidade e do tempo que a mãe ingeriu essa medicação.É sempre bom avisar o médico e o dentista que você está grávida, assim eles poderão ter mais cuidado na indicação de medicamentos e no uso de equipamentos de raios X.

Caso aconteça uma doença durante a gestação, como rubéola, febre virótica ou qualquer outra infecção, pode haver um desequilíbrio de sais de cálcio e fósforo na corrente sanguínea. Nesse caso pode ser afetada a formação e a qualidade de estrutura dentária do feto, e esse quadro só se estabilizará quando o equilíbrio entre esses sais estiver restabelecido.Várias coisas podem interferir na formação dos dentes e muitas vezes esses problemas são impossíveis de serem diagnosticados mesmo na infância.

Quando a criança chega ao consultório com deficiência de esmalte ou dentina, começo a investigação com a mãe para tentar descobrir a causa do problema. Mas nem mesmo ela se lembra da medicação da época da gravidez. Por isso é tão importante o acompanhamento do seu dentista durante a gestação.Mães, por favor, esperem a chegada dos bebês com a boca saudável. Aproveitem e fiquem livres de qualquer bactéria que possa existir, tratem-se. É de extrema importância que a higiene dos pais seja impecável.

Os bebês não nascem com a bactéria da cárie, eles a adquirem com o tempo, através de beijos e carinhos. Felizmente, essas bactérias não se instalam assim tão fácil, mas é desnecessário fazer com que seu bebê corra esse risco, não é?Existem também alterações que são as “fissuras lábio-palatinas”. São malformações congênitas que ocorrem no útero da mãe por fatores: genéticos, pré-natais, ambientais, nutricionais e outros.

Pode ser detectada no terceiro mês de gestação e é de extrema importância a orientação das mães em relação à aceitação e tratamentos oferecidos, para que quando a criança nasça estejam todos tranqüilos e felizes. Nove meses depois de muita espera o bebê nasce e aí a alegria tomará conta das suas vidas!

Publicado originalmente por Martha Haddad no blog Na Boca do Bebê

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade