PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Dia do Pediatra: relação interdisciplinar e a empatia
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dia do Pediatra: relação interdisciplinar e a empatia

Dia do Pediatra: relação interdisciplinar e a empatia

25/07/2013
  495   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

No Hospital, trabalhamos ao lado de profissionais de outras áreas para aprimorar o tratamento das crianças

Dia do Pediatra: relação interdisciplinar e a empatia

Próximos ao Dia do Pediatra, gostaria de agradecer e fazer uma homenagem a todos os colegas que dedicam seu talento e exercem  esse ofício com paixão não só na Unidade de Internação, como em todo Hospital Infantil Sabará.

Em 2012, atendemos mais de 6.000 mil crianças só na Unidade de Internação vindas de vários lugares do Brasil. Muitas histórias para contar, muitas lições de vida marcantes e experiências para trocar.

Recentemente, chegou ao Sabará um bebê de outro município que já havia percorrido vários outros hospitais, sem esperança de tratamento. Ele havia sido operado no interior devido a uma má-formação congênita e perdeu quase todo o intestino. A pequena quantidade que ingeria, não conseguia absorver, e se desnutria. Foram feitas várias reuniões e discussões clínicas a respeito dessa criança, levando-se em consideração não só a abordagem técnica do caso, mas todo o entorno da vida de uma família vinda do interior que havia depositado em nós a confiança de que poderíamos ajudá-la.

Trabalhamos sempre em equipe e agregamos outros especialistas pediátricos altamente qualificados: cirurgiões, nutrólogos, gastroenterólogos, intensivistas pediátricos. Inclusive, a equipe multidisciplinar. Acreditamos que essa abordagem interdisciplinar e a empatia que temos pelo outro é o nosso diferencial. Minimizar os efeitos de uma internação prolongada é nossa preocupação. Por isso, temos um grupo de humanização que ao lado de músicos, de contadores de história e de voluntários, sempre preocupados com o bem-estar de todos dentro do hospital.

Essa criança da qual citei neste post, foi reoperada e teve uma melhora muito significativa na qualidade de vida, não só dela, como da família também. Hoje, ela está em um programa de readequação nutricional.

Temos orgulho e o privilégio de fazer parte do maior hospital infantil privado do Brasil, cujo projeto foi pensado e construído por quem entende de crianças e sabe o que é ser pediatra!

Por Dra. Heloisa Ionemoto – Pediatra responsável pela Unidade de Internação

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade