PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Do desfralde e da cara de pau…
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Do desfralde e da cara de pau…

Do desfralde e da cara de pau…

03/01/2014
  437   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Quando não havia mais solução, eis que surge uma luz no final do túnel

desfralde

E sim…

Vou entrar naquele blábláblá todo de não tem segredo, é só ter paciência, cada criança tem sua hora.
E sim. Tenho plena consciência de que mãe não escuta nada disso e gosta mesmo é de viver no desespero, no drama e no cansaço pleno.

Confessemos.

Eu mesma já perdi as contas de quantas vezes ouvi o mantra materno-irritante “vai passar”. E tenho menos conta ainda de quantas zilhões de vezes eu ignorei ou passei o tal mantra pra frente como se nada tivesse a ver comigo.

O processo de desfralde com o Isaac foi longo.

Ficamos mais de um ano entre cueca, troninho, fralda, chão molhado, cocô na calça, escapadas e afins.

Ensinar menino a fazer xixi no ralo do chuveiro, na pedrinha, na graminha, na plantinha e finalmente no vaso sanitário é baba.

A gente apanha no começo, mas a coisa flui.

Ótimo.

O que sofremos aqui foi com o desfralde. Esse sim teve vários processos.

Tentamos de tudo.

E no final, tenho uma mistura de receitas testadas e aproveitadas que me levaram a um mesmo resultado.

Calma que vai passar.

Não me xinguem e nem me atropelem caso venham comer um sanduíche aqui na minha cidade.

Mas é bem isso.

Quando resolvi que não aguentava mais insistir, que Isaac idem, que tava muito chato… Parei.

Assumi o “quer na fralda, faça na fralda” e fui feliz.

Lógico que, como mãe E bicho besta, não abandonei a causa.

Lembrava dela, falava dela, mas de leve.

Cortei o cocô na frente da TV, com brinquedo, com gracinhas e opções múltiplas.

Tentei deixar a fralda sem graça, assim, como quem para de rir de uma piada velha.

Até que essas graças de vida e do sistema capitalista colocaram um brinquedo carérrimo na lista de desejos do Isaac.

É daqueles desejos fortes, olhinhos brilhantes e minutos de silêncio, sabem?

Então.

A gente tinha resolvido dar o dito de aniversário.

Mas, sábio maridex resolveu negociar (sangue libanês mode on).

Trocaria o tal brinquedo por 3 dias seguidos de número 2 no trono.

Isaac meio que ignorou o acordo até o dia que foi na casa de um colega (beijo grande e apertão da tia infinitos) que tinha o tal brinquedo.

E ali teve a oportunidade de ver concreto seu desejo abstrato.

E, no dia seguinte, pediu pra usar o banheiro. E, como Deus é grande e me enche de bênçãos, Isaac nem quis o tal troninho, vasão mesmo.

De gente grande.

E lá foi a mãe arteira fazer painel para adesivos dos 3 dias seguidos.

E lá foi filhote pra tronância.

No terceiro dia, ganhou o brinquedão.

(Ele gritava no carro, abraçado ao pacote, como se tivesse ganho uma medalha olímpica).

No quarto dia, quando a vontade bateu e nós fomos ao banheiro, ele olhou bem para o painel completo.

Parou pra pensar segurando a calça.

Olhou bem pra mim e disse:

– Já fiz 3 dias?

– Já Isaac, já sim! – responde a mãe toda animada, com orgulho transbordante, louca de felicidade.

– Então eu não peciso mais disso. Quelo a falda de novo.

Sabe aquele quase desmaio de novela? Mãozinha na testa?

Foi quase…

Olhei bem nos olhos dele e fui firme.

Disse que seria uma besteira muito grande voltar a usar a fralda.

E apertando bem ele nos meus braços disse que tinha certeza absoluta que ele ia conseguir usar a privada pra sempre.

– Então me põe na pivada mamãe, puquê tá saindo…

assinatura-carol-v3 (3)

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade