PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Férias tranquilas
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Férias tranquilas

Férias tranquilas

08/07/2011
  312   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Com a chegada das férias escolares, os pais precisam da maior organização e logística do mundo! Tanto aqueles que trabalham e precisam pensar nas férias dos filhos longe das preciosas horas que passam na escola, quanto os que tiram férias junto e resolvem ir viajar.
Pois hoje eu quero falar do segundo caso.

A gente precisa pensar em tudo que pretende levar na mala, ou mesmo se dá para levar muitas malas e lotar o porta-malas do carro ou se a bagagem deve ser reduzida por conta de uma viagem de avião.

Roupas para diversas ocasiões (frio, calor, chuva), brinquedos, mamadeiras, latas de leite, pacotes de fralda e muitos etcs. Viajar com criança não é fácil, alguém já me disse que é bem mais fácil carregar o filho enquanto ele ainda está na barriga. Mas há um detalhe que eu sempre considero antes de viajar e gostaria de compartilhar essa dica com vocês: pernilongos!

Vai viajar? Vai para a praia? O destino é de calor? Portanto, cuidado e atenção com os pernilongos! (Algumas vezes, até lugares frios têm pernilongos, melhor se prevenir!). Obviamente, há diversas opções para proteger os filhos das mordidas de pernilongos, a gente nunca sabe se eles serão alérgicos ou não às picadas. Os meus filhos são bastante alérgicos e eu sempre levo um kit contra esses bichos chatos.

Para a noite, é sempre bom ter o repelente de tomada. Tem o de pastilha, que deve ser trocado a cada 12 horas ou o líquido, que dura alguns bons dias. Antes de escolher, consulte o seu pediatra, pois dependendo da idade da criança um é mais recomendado do que o outro pela questão da toxicidade. Tem também o spray contra mosquitos em geral, mas acho que esses não são recomendados para criança nenhuma, de qualquer forma, vale a pergunta ao seu médico.

Além do repelente de tomada, há loções também, de vários tipos e marcas, tem até de spray, que é bastante eficiente e de aplicação bem mais fácil. Volto a reforçar: consulte o pediatra antes de escolher qual comprar e usar.

Eu costumo usar o repelente de tomada e uma loção no corpo das crianças à noite, por conta da alergia e eu não quero bobear! Um mosquiteiro também resolve muito bem esse problema, mas só dá para ser usado durante o sono ou em bebês menores no carrinho, pois existem mosquiteiros para berço e para carrinho, sabiam?

Um pediatra já me receitou uma certa vitamina que deve ser tomada via oral, é um segredinho bastante eficaz, pois a vitamina faz com que o corpo exale um certo odor desagradável e perceptível apenas aos mosquitos, fazendo com que eles se mantenham longe das nossas crianças! E outra dica, também dada por um pediatra é para evitar perfumes e cores chamativas para as crianças.

Qual seria o motivo disso? Os mosquitos são atraídos pelo perfume e pelas cores, confundindo as crianças com flores, acreditam? Daí, fazem a festa e saem picando à vontade! Mas, se nada disso resolver, ou vocês forem pegos de surpresa com picadas e alergias, é sempre bom carregar na mala um anti-alérgico receitado pelo pediatra!

Aproveitem as dicas, boas férias e boa viagem sem pernilongos!

 

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade