PESQUISAR

Residência Médica
Residência Médica
Gripe, uma mensagem importante
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Gripe, uma mensagem importante

Gripe, uma mensagem importante

22/04/2014
  240   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

gripe

É a estação da gripe e dos resfriados. Os pronto atendimentos dos hospitais ficam cheios, as filas são demoradas e o mau humor toma conta das pessoas, principalmente dos acompanhantes de crianças.

O Pronto Socorro do Hospital Infantil Sabará, um dos maiores do Brasil em pediatria, nesta época do ano chega a atender de 12 a 13 mil crianças por mês, quase o dobro de janeiro e dezembro, os meses de menor movimento. Boa parte destas crianças têm doenças de trato respiratório, como gripe, resfriados, pneumonias ou bronquites.

 

A gripe sazonal ainda está ativa no Brasil nesta época de outono e inverno. O vírus da gripe pode se espalhar facilmente de uma pessoa para outra, causando doenças graves que podem resultar em hospitalização ou morte. Sempre que as crianças estão juntas, como nas escolas, berçários e creches, há ainda mais de uma chance de propagação da doença.

 

Começa então a temporada para adquirir a vacina contra gripe. Para reduzir o risco de adoecer com a gripe, prestadores de cuidados infantis e de todas as crianças que estão sendo cuidadas devem receber todas as vacinas recomendadas, incluindo a vacina contra a gripe. A melhor maneira de proteger contra a gripe é tomar a vacina todos os anos. Esta abordagem é extremamente importante e coloca a saúde e a segurança de todos no ambiente de cuidados de criança em primeiro lugar. A Vacina contra a gripe é recomendada para todos os 6 meses de idade ou mais, incluindo o pessoal que cuida das crianças.

 

Evitar a propagação de germes é outra medida importante. Uma vez que a gripe passa a circular, pode ser um desafio evitar a propagação dos germes. Alguns procedimentos podem ajudar:

1         – Lavar as mãos.

2         Limpar e higienizar brinquedos e cômodos.

 

Embora a vacina da gripe seja eficaz, alguns indivíduos podem desenvolver a gripe, apesar de ter recebido a imunização. Assim, durante a temporada de gripe, qualquer pessoa com uma doença respiratória aguda pode ter a gripe.

 

Qualquer criança com sintomas respiratórios (tosse, nariz escorrendo ou dor de garganta) e febre deve ser excluída do seu programa de cuidados infantis e ficar em casa. A criança pode retornar às aulas depois que a febre tenha se resolvido (sem o uso de medicamentos para baixar a febre).

Como se pode ver com medidas simples como a vacinação, lavagem das mãos e resguardo das crianças que estão com sintomas, pode-se controlar a principal causa da procura por Pronto Socorro nesta época. Se você tem contato com crianças, passe esta mensagem a seus cuidadores.

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740)Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP.Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

posts relacionados

NOSSAS INICIATIVAS
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade