PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Isaac travadinho da Silva
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Isaac travadinho da Silva

Isaac travadinho da Silva

29/03/2013
  434   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Quando a criança falante muda da água para o vinho e se rende à timidez

timidez infantil

Aconteceu.

E olha que eu achei que não seria assim.

Mas aconteceu.

Isaac se tornou criança tímida, travada e nada social.

Ou é timidez em grau master ou birra da boa ou algo que não conseguimos identificar ainda.

Como assim?

Em qualquer evento com mais de 3 pessoas (que somos nós, a família), ele emburra, vira a cara, não responde perguntas básicas nem por educação, chora por qualquer coisinha e afins.

E se tem criança então, danou-se.

Nem chega perto e, se chega, é pra disputar algum brinquedo. E, se não funciona, chora. Ele não conversa nem troca experienciazinhas infantis.

Fotos, abraços e encontros são motivo de chatice plena.

Travou.

E nós ficamos assim, com interrogação enorme na testa.

Como boa mãe dramática que sou, estou pensando seriamente em levá-lo para um acompanhamento psicológico.
E eu nem acho tão dramático assim, mas vá lá.

Quem pode me responder como, onde e quando vou achar explicação pra tal mudança brusca de personalidade?
Já ouvi dizer que é fase.

Fase?

Oras, então a criança comunicativa de meses atrás, que era vereador mirim, dava piscadinhas pras velhinhas da rua também era fruto de uma fase?

E me digam.

Como entender que aquele bichinho do mato é filho de pais tão (sem vergonhas e caras de pau) comunicativos?

Difícil.

Eu, que sempre sorri largamente ao ver filhote feliz e saltitante, conversando e mandando caretas pra geral, agora tenho que ficar contornando situações como ter uma criaturinha enfiada entre as minhas pernas, me puxando ou repetindo o mantra “vamos embora daqui”.

Nada fácil.

Aliás, peço a ajuda das cibermãezocas queridas:

Você já passou por essa fase?

É fase?

Passa mesmo?

Alguma coisa pode ter provocado isso?

Socorro!!!!

assinatura-carol-v3 (3)

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade