PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Mãe de menino
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Mãe de menino

Mãe de menino

12/04/2013
  339   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Mesmo com as brincadeiras, as características de homenzinho sempre estão presentes na rotina

criança como adulta
Esse post faz parte de uma série.

Já que me descubro moleca, parceira e comparsa de super-herói, marujo, ser encantado e outras cositas más nesse mundo azul colorido de menino.

Mundo que Isaac vem me apresentando, aos poucos, conforme aprende com os outros masculininhos que convive, com o avô , o pai, o dindo, os tios e consigo mesmo.


Mas além das fantasias heroicas e poderosas que brincamos há a atitude.

As atitudes masculinas que ele toma no dia a dia.

Ontem mesmo ele não quis sair de casa.

Depois da aula de pilates (sim! ele tem me acompanhado nas férias e tem sido muito divertido, prometo contar num próximo post sobre a experiência) ele quis voltar pra casa. Quis e ponto. Estava calor, estava cansado e fomos.

No meio do caminho, resolvi que culinária seria uma ótima pra ocupar a tarde.

Passamos na quitanda e compramos cenoura pra um bolinho. Confesso que estava louca pra usar as forminhas de cupcake adquiridas e quase perdidas dentro do armário.

Ótimo.

Filhote se empolgou com a ideia, fez a farinha voar pela cozinha, se irritou com o liquidificador pelo barulho e por não conseguir falar a palavra toda.

(Logo, apelidamos o eletrodoméstico de Liquí e tudo bem)

Mas foi ali, no simples ato de distribuir as forminhas de papel sobre uma assadeira redonda, que despertou o machinho:

– Não mamãe! Não coloca meleca (massa de bolo, tá?) aí não!!!!
– Por quê?
– Por que os meus soldadinhos precisam de um parque com gira-gira, oras…

assinatura-carol-v3 (3)

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade