PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
O pediatra no século 21
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
O pediatra no século 21

O pediatra no século 21

27/07/2013
  483   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Uma das preocupações desse profissional é preparar o organismo da criança para uma vida mais duradoura

O pediatra no século 21

A palavra pediatria vem do grego paidos (que significa criança) + iatreia (que significa cura). Essa é a especialidade médica dedicada aos cuidados da criança e do adolescente, em diversos aspectos, sejam preventivos ou curativos.

A preocupação com os cuidados das crianças se iniciou na metade do século 19, quando foi percebido que os índices de mortalidade infantil eram muito grandes e que as crianças não eram adultos pequenos. Com essas visões, surgiu uma medicina que se preocupava com a prevenção e com o tratamento de doenças comuns na infância.

Os aspectos preventivos envolvem ações como aleitamento materno, higiene, imunizações (vacinas), prevenção de acidentes, além do acompanhamento e das orientações necessárias para um crescimento e um desenvolvimento saudável (puericultura). Já os curativos, correspondem aos diversos procedimentos e tratamentos de diferentes doenças exclusivas ou não da criança e do adolescente.

Hoje, já na segunda década do século 21, com uma expectativa de vida ultrapassando os 85 anos e com indicadores de mortalidade infantil caindo para algo como 2 óbitos para cada 100.000 mil nascimentos em lugares com IDH alto, mesmo em São Paulo, a preocupação do pediatra está mudando. A vacinação de muitas doenças é feita (15 pelo calendário da Sociedade Brasileira de Pediatria), assim como o incentivo ao aleitamento materno e a boa alimentação, ambos difundidos nas mídias.

Vale citar também que o acesso aos médicos e aos hospitais, seja no sistema único de saúde ou na suplementar, está mais fácil, além dos medicamentos e dos aparelhos sofisticados que ajudam no tratamento de quase todas as doenças.

A preocupação do pediatra do século 21 se volta para preparar o organismo da criança para a longa vida que é esperada. Assim sendo, prevenimos as doenças crônicas que acometem grande parte da população adulta, ou seja, obesidade, hipertensão, diabetes, distúrbios psiquiátricos (depressão, ansiedade, déficit de atenção, etc.) e orientamos os pais para aderirem uma dieta e hábitos (higiene, atividades físicas e sociais) saudáveis. A saúde mental, bucal, cuidados com o desenvolvimento sem deixar de se preocupar com os cuidados e orientações de puericultura e a vacinação também fazem parte do processo.

Não podemos nos se esquecer de que os progressos na genética também trarão novas fontes de orientação para o pediatra no decorrer deste século.

Como se vê nestas poucas linhas, com dois séculos de pediatria muita coisa mudou com o progresso e com os novos conhecimentos, mas o cuidado com a criança mantém suas bases de prevenção de doenças, com o acompanhamento do desenvolvimento e com a preocupação de formarmos um adulto saudável. Este é nosso papel como pediatras em qualquer tempo.

Parabéns aos pediatras do Hospital Infantil Sabará,  da cidade, do país e do mundo, pela sua importante missão.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade