PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Odontopediatria em ação
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Odontopediatria em ação

Odontopediatria em ação

16/05/2012
  1310   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

“Saiba: todo mundo foi neném. Einstein, Freud e Platão também!”
“Saiba: todos tiveram dentes de leite. Xuxa, Neymar e a Cláudia Leitte!”

Ops, a rima não saiu tão boa como as do Arnaldo Antunes (que também já foi neném e também já teve dentes de leite), mas serviu de inspiração para essa primeira participação no Blog do Sabará, na categoria: Saúde Bucal.

Vamos falar de um assunto importante e que, muitas vezes, é desconhecido para papais e mamães: Odontopediatria ou Odontologia para crianças. É um assunto sério, mas não necessariamente desagradável ou dolorido e muito menos assustador. Ao contrário, é útil, simpático, principalmente porque pode produzir saúde e sorrisos lindos.

Para começar, precisamos acabar com esse estigma de que visitar o dentista é chato, assim como não deve ser chato ir ao médico e tomar remédios ou ir à escola e estudar. Essa história precisa mudar para o bem de nossas crianças e da saúde geral delas. O comportamento de nossos filhos é reflexo do aprendizado em casa, essa lição deve ser aprendida na infância, reforçada na escola, já que reflete como eles vão se comportar em suas vidas. Preconceito com esses profissionais só os mantêm distantes de uma realidade a ser vivida.

Ok, na nossa história o dentista nunca foi, por assim dizer, muito bem visto: agulha, anestesia, motorzinho, dente doendo, infecção, rosto inchado…, mas a história muda e como muda! Pense, há poucos anos, não tínhamos computador pessoal, celular, internet, TV a cabo e quando olhamos para trás, pensamos: “Nossa, como vivíamos sem isso tudo?”

Bem, o dentista também mudou, desde os primórdios da Odontologia, com Evangeline Jordan, uma americana, considerada a “mãe da Odontopediatria”, até os dias de hoje, muito se evoluiu nos conceitos de avaliação, tratamento e prevenção (adoro essa palavra) na saúde bucal das crianças.

Evoluiu-se na formação profissional, no aprimoramento técnico, nos conhecimentos da psicologia infantil, na relação com os pais e cuidadores e inter-relação com profissionais de outras áreas que também cuidam de crianças, além, claro, na modernização de equipamentos e materiais odontológicos.

Sempre converso com os pais de meus pacientes que o tratamento odontológico de seu filho é uma parceria, nossa e de vocês. Dividimos nossas responsabilidades. De que adianta o dentista preconizar bons hábitos de higiene e dieta, se a criança se esbalda em guloseimas e vai para cama sem uma higienização bucal adequada?

Portanto, nossa tarefa como pais é árdua, como educadores e como formadores do caráter de nossos filhos. Romper com preconceitos, estimulá-los a compreender as vicissitudes da vida os tornarão melhores. Venham conosco, vamos discutir, vamos interagir e buscar saúde para nossos filhos. Sorrisos saudáveis e bonitos abrem portas para um futuro mais feliz e promissor.



Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

  • Izabel Lima Barroso disse:

    Bom dia gostaria de saber onde fica o consultorio, tenho um filho de 3 anos que passou pelo odontopediatra qunado tinha 2 anos, agora preciso ir novamente.

  • Márcio Andreoni disse:

    Excelente iniciativa. Parabéns.

  • moema disse:

    colega……

    adorei seu trabalho…..
    tb sou odontopediatra e,amo td que diz respeito a criança……
    parabens….
    bjs p vc e outro p a esposa linda…
    moema

    • Maria Cecília de OIliveira e Silva disse:

      E por falar em rima, prevenção deveria rimar com amor, parceria, simplicidade, mas não rima… Esse papo simples, direto é que faz a gente chegar ao universo infantil, tão rico e prazeroso, principalmente pra quem luta por belos “sorrisos”.

    • José Reynaldo disse:

      Obrigado, você é muito gentil, como sempre. Espero sugestões, vamos discutir esse assunto que tanto amamos.

  • Alfredo Donadio disse:

    BOA REY. Parabéns pela iniciativa
    Boas Corridas
    Alfredo Donadio

  • Karine Marqueti de Andrade disse:

    Reynaldo,

    Parabéns pelo artigo,adorei a rima.Gostaria de dividir com você que depois do seu tratamento com meus filhos a percepção de consultas ao dentista mudaram, meus filhos gostam de ir ao dentista e agora a higiene bucal está sendo levada a sério. Como você escreve tão bem, a prevenção é o melhor caminho.
    Só tenho que agradecer pelo seu carinho e atenção com as crianças.
    Abraços,
    Karine.

  • Suzane Ferreira disse:

    Que orgulho!!!
    Parabéns PELA INICIATIVA!!!!rs

    Eu só tenho a agradecer, pois aprendi muito com você durante 2 anos, continue assim…sempre que precisar estou com você!

    abraço Suzane

  • Cissa disse:

    Doutor, excelente artigo!!!

    Sou um pouco suspeita em falar sobre sua profissão, pois ADORO ir ao dentista desde pequena vou ao dentista a cada 06 meses, não será diferente com minha filhota Alice de 2 anos que já frequenta seu consultorio desde qdo Não tinha NENHUM dentinho :o)

  • Talita Romao disse:

    Parabéns pela iniciativa, Dr. Reynaldo!
    Sou paciente de uma Dra e um Dr iluminados!

    Beijo grande.

  • Sandro Lima disse:

    Dr. Reynaldo,

    Adoramos o blog e um grande incentivo a busca pela saúde bucal. Com certeza vamos acompanhar os próximos “posts”.

    Abraços

    Isadora, Tereza, Gabriel e Sandro

  • Daniella Marqueti disse:

    Oi Reynaldo,

    Parabéns pelo blog, o artigo é inspirador….

    Gostaria de agradecer o atendimento com o Mateus e apesar do trabalho que o Gabriel deu, foi ótimo conhecê-lo e dividir com as crianças a importância da higiene bucal. Estou insistindo e por enquanto estou me saindo bem.
    Obrigada pela orientação.
    Abs,
    Daniella

  • Vivian Lindsay Rodrigues disse:

    Bom dia! Meu nome é Vivian, tenho um filho de 3 anos que tem tido problemas nos dentes há 1 ano, cáries de mamadeira, porém ele não permite ser tratado, chora, grita, já estou o levando ao 3° dentista, que também já jogou a toalha ( assim como os outros) por não conseguir tratá-lo e me sugeriu um centro cirúrgico, apagá-lo, para que pudessem arrumar os dentinhos, gostaria de saber se você sabe onde encontro esse tipo de atendimento em SP, estou muito triste e confusa e não faço a menor ideia do que fazer.

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Vivian, sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

    • Equipe Sabará disse:

      Você pode ligar no Hospital Sabará e pedir o contato do Dr Reynaldo Figueiredo, que além de escrever no nosso blog cuida de crianças com estes perfil. Abraços! 🙂

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade