PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Recomendações para vacina da gripe
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Recomendações para vacina da gripe

Recomendações para vacina da gripe

17/12/2012
  406   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Mesmo voltada para o Hemisfério Norte, as dicas também podem ser aplicadas em território nacional

vacina contra gripe 1

Com a chegada do outono no Hemisfério Norte, a Academia Americana de Pediatria (AAP) recomenda a vacinação anual com a dose trivalente sazonal para prevenir a gripe. A imunização para todos os indivíduos, de 6 meses de idade e mais velhos, inclui crianças, adolescentes e adultos jovens.

Uma declaração da política atualizada que consta na publicação Recomendações para a Prevenção e Controle da Influenza em Crianças, inclusa na edição de outubro do Pediatrics, oferece orientações sobre a formulação de vacinas, dosagem e administração, bem como a orientação atual e tratamento de medicamentos antivirais.

De acordo com a AAP, os esforços especiais devem ser feitos para vacinar pessoas dos seguintes grupos:

1. As crianças que têm condições médicas crônicas que aumentam o risco de complicações da gripe como asma, diabetes, imunossupressão ou distúrbios neurológicos;

2. Familiares e outras pessoas que estão em contato com as crianças com condições de alto risco e aquelas que são menores de 5 anos de idade (especialmente com menos de 6 meses);

3. Todos os profissionais de saúde;

4. As mulheres que estão grávidas ou que consideram uma gravidez, mães de recém-nascidos ou que estão amamentando durante a temporada de gripe.

Essas recomendações são um pouco diferentes das brasileiras, mas servem para se pensar no assunto. Se você pretende viajar nas férias de dezembro/janeiro para o Hemisfério Norte, converse com o pediatra ou o médico para ver se há necessidade de vacina.

Por Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade