PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Saiba como identificar o Índice da Boa Mãe
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Saiba como identificar o Índice da Boa Mãe

Saiba como identificar o Índice da Boa Mãe

18/11/2011
  503   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Um dos sinais é ter os joelhos ressecados por brincar demais com as crianças

Outro dia, tive uma consulta com a minha dermatologista. Tomei banho, lavei o cabelo, me arrumei, almocei, deixei as crianças na escola e fui.

Conseguir sair de casa depois do almoço, é sempre uma correria: tenho que me vestir, arrumar meus três filhos, ajeitar as mochilas, os lanches, servir o almoço… É comum eu falar: “vamos, estamos atrasados…”. E aquele dia não foi diferente, mas ok, deu tudo certo, cheguei a tempo na minha consulta.

Daí, a minha Doutora Querida foi me examinar, bateu os olhos nos meus joelhos e fez um olhar de espanto:
-O que é esse joelho?
Eu expliquei que tinha saído de casa correndo, tomei banho, lavei o cabelo, almocei, essas foram as minhas prioridades, o hidratante ficou em segundo plano… E acrescentei:
-E eu também brinco muito no chão com as crianças, tenho carpete nos quartos, então esse é o resultado para os meus joelhos…
Sabe a resposta dela?
– Acho que eu não fui uma boa mãe, nunca fiquei com os joelhos ressecados de brincar no chão com o meu filho!

Aha! Acabei de encontrar um item para identificar o IBM (Índice da Boa Mãe):olhem os seus joelhos. Ressecados ou hidratados?

Originalmente postado em: http://bit.ly/t0NKoT

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

  • Valquiria Nares disse:

    Fiquei muito emocionada ao ler esse artigo, sou mãe de três filhas, a maior com sete anos e as gêmeas com quase seis anos e estou há sete anos tentando tratar os meus joelhos, também não consigo passar muitos cremes, acabo optando por passar o do rosto, trabalho fora e não tenho tempo para me cuidar, ganhei o dia de hoje, obrigada

    Valquiria

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade