PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Afinal, o que são “tâmites” legais, hein?
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Afinal, o que são “tâmites” legais, hein?

Afinal, o que são “tâmites” legais, hein?

02/08/2013
  436   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Tendo uma conversa bem séria com o filhote em meio ao caminho da escola

Afinal, o que são tâmites legais, hein

Meu filho, aquele bem pequenininho, que nem os “erres” sabe falar, me vira dia desses e manda:

– Mãe, o que são “tâmites” legais????

Coisa boba, não é?!? Boba, boba.

Ainda mais pra se pensar e responder, e fazer entender nos 5 minutos que faltavam pra chegar à escola.

E o que eu falei???

Primeiro que eu usei o tal superpoder que só as mães têm de pensar em infinitas coisas em frações de segundo.

Ok. Não poderia me mostrar horrorizada com a pergunta, né?

Não quero que Isaac deixe de perguntar. Nunca.

Então, pensei nas leis e comecei a tagarelar:

– Filho, na escola existe aquelas regras certo?

– Que reglas?

– Que não pode morder o amigo, que precisa sentar pra tomar o lanche, que tem hora pra ir ver os coelhos e as tartarugas, não é?

– É.

– Quando vamos crescendo, outras regras surgem pra gente seguir. Que se chamam leis. E são essas leis que mostram o que a gente pode fazer ou o que é certo e errado. Deu pra entender?

– Ahã.

E continuou me olhando fixo, como quem pensa: “você não terminou ainda não, né? Cadê o tal do “tâmites”????

– E esses trâmites legais são uma maneira de trabalhar com essas leis. Essas regras de gente grande.

– Trabalhar?

Nessas horas, eu até já tinha parado o carro e me virado pra trás.

– Isso. Estudar e usar as leis certas para cada coisinha que acontece.

Ele pensou e pensou. Rápido como um raio, mas pensou.

E mandou, quebrando as minhas pernas:

– A tia Fulana viu o amigo morder e falou que não podia. E colocou ele pra pensar.

Eu olhei bem pra ele (explodi de um orgulho besta) e me aliviei com a simplicidade das crianças:

– O muro da escola é laranja! Olha lá a tartaruga, mamãe!!!!!!

E aí?

Vocês se puseram a pensar em que resposta dariam????

Pode por na roda que eu também estou ultracuriosa…

assinatura-carol-v3 (3)

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade