PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Vacinas sem agulhas
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Vacinas sem agulhas

Vacinas sem agulhas

25/12/2012
  881   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Sistema a laser pode ser capaz de fazer com que injeções sejam indolores e de fácil aplicação

vacina sem agulha

Pesquisadores sul-coreanos desenvolveram um sistema a laser onde se aplica jatos microscópicos de drogas na pele e pode gerar vacina sem agulhas e com menos dor.

Jack Yoh, professor de engenharia mecânica e aeroespacial da Universidade Nacional de Seul, em artigo ao Optics Letters, explica junto aos colegas que o dispositivo usa pulsos múltiplos e feixes de laser de baixa energia para dirigir um fluxo pequeno e preciso de medicamento líquido com a força necessária para injeção.

Sistemas anteriores MicroJet eram menos capazes de realizar injeções de drogas. Esses dispositivos eram alimentados mecanicamente e não permitem um controle suficientemente preciso sobre a força do jato ou dosagem de drogas. No entanto, ele na versão laser-driven microjacto injector pode controlar com precisão a dose e a profundidade de penetração da droga sob a pele.

Testes feitos com o novo sistema em cobaias descobriram que o jato empurra o fármaco até vários milímetros abaixo da pele, sem causar danos ao tecido circundante.

Além disso, a velocidade e a estreiteza do jato devem fazer o procedimento indolor. De acordo com a Medical News Today, a empresa trabalha atualmente com Yoh e sua equipe para produzir os injetores de micro para uso clínico.

Por Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: Medical News Today (17/09) – Optical Society

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade