11 2155-9358
Institucional Blog Pesquisas CEP FJLES Cursos
Data inicial
Estágio Hospitais Boletins Releases Parcerias
Ícone Data Final
Busca rápida
Busca avançada
Institucional Voluntariado Parcerias Releases Boletins
Data inicial
Núcleos Cursos Estágios Hospitais Blog
Ícone Data final
Busca rápida
Busca avançada
 

PRONAS/PCD

O que é PRONAS/PCD?

O Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD), instituído pela Lei nº 12.715/2012, foi desenvolvido para incentivar ações e serviços desenvolvidos por entidades, associações e fundações privadas sem fins lucrativos, que atuam no campo da pessoa com deficiência.  O intuito é ampliar a oferta de serviços e expandir a prestação de serviços médico-assistenciais; apoiar a formação, o treinamento e o aperfeiçoamento de recursos humanos – em todos os níveis; e realizar pesquisas clínicas, epidemiológicas, experimentais e socioantropológicas.

Projeto Triagem Neonatal

Novos defeitos genético-moleculares relacionados a deficiência física, deficiência intelectual e transtornos do espectro autista associados a imunodeficiências congênitas

Projeto incentivado pelo PRONAS, sob a coordenação da Dra. Fátima Rodrigues Fernandes e  suporte científico do Prof. Dr. Antonio Condino Neto do ICB-USP. O projeto tem como objetivo detectar, precocemente, através de triagem neonatal, e diagnóstico especializado pós-natal, indivíduos portadores de síndromes genéticas que incluem deficiência física, intelectual, malformações e transtornos do espectro autista associadas com imunodeficiências primárias e aumentar o diagnóstico destas síndromes, por meio de ensaios funcionais e genéticos que não são oferecidos pelo serviço público de saúde no país, aprimorando assim, o prognóstico e tratamento destas crianças.

O projeto tem como meta analisar 24.000 amostras de crianças oriundas de todo Brasil em parceria com diversas maternidades durante 24 meses.

Com esse estudo pretendemos contribuir para o avanço do conhecimento sobre síndromes genéticas investigando sua incidência, prevalência, espectro clínico, mecanismos patológicos e defeitos genético-moleculares, trazendo perspectivas para o desenho de novas terapias dessas doenças. Num país grande, populoso, altamente miscigenado como o Brasil, há pouca ou nenhuma informação sobre este assunto.

 

Projeto rastreio ocular (eye tracking)

Detecção e intervenção precoce de Transtorno do Espectro Autista (TEA) em crianças de zero a quatro anos em situação de vulnerabilidade social, através de rastreio ocular (eye tracking) e método da Análise Aplicada do Comportamento (ABA).

Foi aprovado recentemente, um novo projeto incentivado pelo PRONAS – Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD) – Ministério da Saúde intitulado: “Detecção e intervenção precoce de Transtorno do Espectro Autista (TEA) em crianças de zero a quatro anos em situação de vulnerabilidade social, através de rastreio ocular (eye tracking) e método da Análise Aplicada do Comportamento (ABA)”.

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é uma condição complexa do neurodesenvolvimento, que compromete, em diferentes níveis, duas áreas: comunicação social e comportamento. Diagnosticar o atraso do neurodesenvolvimento, incluindo crianças com TEA, é um desafio na primeira infância, pois, os sinais são mais sutis nesta fase.

Neste estudo, serão avaliadas 1055 crianças de zero a quatro anos frequentadoras de sete Centros de Educação Infantil (CEIs) da Zona Sul de São Paulo, que passarão por uma avaliação médica e psicológica.  As crianças que forem identificadas com TEA serão monitoradas durante oito meses, e ao mesmo tempo, os educadores serão treinados para identificar e acompanhar alunos com suspeita deste diagnóstico.

Desta forma, a natureza inovadora do nosso projeto alinha tecnologia de alta sensibilidade para a educação continuada das famílias, cuidadores e capacitação de educadores, além de proporcionar o diagnóstico precoce dessas crianças.

Patrocinadores: