PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Infecções em recém-nascidos
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Infecções em recém-nascidos

Infecções em recém-nascidos

31/07/2014
  23001   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

O Estreptococo do Grupo B (EGB) é uma bactéria que pode causar doenças graves, especialmente em recém-nascidos. É responsável por muitos casos de meningite (uma inflamação das membranas que envolvem o cérebro e medula espinal) em recém-nascidos, bem como alguns casos de infecções do sangue (sepses) e pneumonia.

Estas infecções ocorrem com frequência logo após o nascimento. As infecções que ocorrem na primeira semana de vida são chamadas de doença de início precoce. Esses bebês geralmente contraem o Estreptococo do Grupo B de suas mães antes ou durante o nascimento. Recém-nascidos prematuros são mais propensos a desenvolver infecções EGB do que bebês nascidos a termo. As infecções que ocorrem um pouco mais tarde, depois de uma semana de idade e durante os primeiros 3 meses de vida, são chamadas de doença de início tardio. Na doença de início tardio, as bactérias podem ser contraídas a partir da mãe, de outras crianças, membros da família e outros cuidadores.

Um bebê infectado com EGB pode ter sintomas tais como:

1-   Febre

2-   Dificuldades de alimentação

3-   Irritabilidade

4-   Letargia

A maioria das mulheres grávidas portadoras de Estreptococo do Grupo B não terá sintomas. Às vezes, porém, essas mulheres podem ter infecções do trato urinário ou de sangue durante a gravidez. Se o recém-nascido tem algum destes sintomas, contate o seu pediatra imediatamente.

Se o seu médico pensa que seu bebê pode ter uma infecção por EGB, será colhida uma cultura de sangue e/ou fluido espinhal para exames.

Os recém-nascidos com infecções por EGB devem ser tratados com agentes antibacterianos, por via intravenosa. Atualmente não há vacinas contra infecções EGB, embora várias estejam sendo estudadas.

Leia também: Mortalidade na infância diminuiu, mas ainda há muito o que melhorar

Fonte: Imunizações e Doenças Infecciosas: Um Guia para Pais e Esclarecido (Copyright © 2006 Academia Americana de Pediatria)

As informações contidas neste site não deve ser usado como um substituto para o tratamento médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Atualizado em 18 de junho de 2024

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade

    Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se abaixo para receber nossas comunicações. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade de Instituto PENSI.