PESQUISAR

Residência Médica
Residência Médica
Brincadeiras enquanto seu filho estiver no hospital. Pode?
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Brincadeiras enquanto seu filho estiver no hospital. Pode?

Brincadeiras enquanto seu filho estiver no hospital. Pode?

03/03/2015
  227   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Hospital Sabará - atividades no hospital

Claaro que pode! Como diria o Patch Adams, “o sorriso e a brincadeira fazem parte do contexto da saúde”. E a gente pode, com um pouco de criatividade, propor brincadeiras que vão além dos joguinhos eletrônicos.

  1. Brincadeiras com as mãos

Brincadeiras de “bater palmas” podem ser feitas com bebês ainda bem pequenos. E as crianças maiores também adoram os desafios destes jogos. Lá no blog Tempojunto tem um post com 10 brincadeiras diferentes e muitas delas dá para fazer sentado ou deitado (http://www.tempojunto.com/2015/01/26/10-brincadeiras-com-as-maos/). Confere lá.

 

  1. Desenhar com estímulo

Desenhar é muito gostoso e quando a gente coloca um estímulo para as crianças criarem, a brincadeira ganha ares de novidade. Você pode começar um traço e deixar que elas completem. Também vale dobrar a página no meio e começar um desenho. Depois você entrega para a criança a parte em branco da folha, deixando-a ver só um pedacinho. Peça que ela complete o desenho e veja o resultado! Olha outras dicas nestes posts. (http://www.tempojunto.com/2014/06/16/diversao-com-post-it/) (http://www.tempojunto.com/2014/08/23/aprenda-a-desenha-um-cachorrinho-com-a-carol/)

 

  1. Brincar de torre de esponjas

Para fazer este jogo você precisa antes cortar retângulos compridos (barras) de esponjas. Se forem coloridas, melhor ainda. O desafio é montar uma torre com estas barras. Esta primeira parte já é divertida. Depois ainda dá para brincar de retirar as barras, sem deixar cair a torre.

torre

  1. Criar novas formas de leitura

Ler já é fantástico. Mas o que acha de fazermos algumas mudanças na hora da leitura para torná-la mais brincante? Que tal apagar as luzes e ler somente com uma lanterna, criando um clima de suspense ou de acampamento? Ou ler com bonecos fantoches sendo os “narradores” da história?

Que tal entrar sob as cobertas e fazer uma cabana de leitura? Ou usar músicas enquanto lê? Você também pode começar lendo uma história que a criança não conhece e deixá-la completar da forma como preferir. São todos ótimos jogos de leitura que estimulam a imaginação!

 

  1. Bolinhas nos pés

Se o seu filho não pode movimentar as mãos, mas o pés estão livres, que tal brincar com eles? Traga massinha comestível e tinta comestível (se o hospital permitir). Com a massinha, desafie a criança a amassar com os pés e os dedos. Faça bolinhas de massinha, coloque numa bacia ou recipiente grande e brinque de pescaria com os pés. Ah! E faça junto! É bem divertido e estimula.

Aproveite a massinha também para criar chapéus para os dedos dos pés. Não precisa ser nada elaborado, só cobrir os dedos com massinha colorida já é divertido.

E com a tinta, pinte caras e bocas nos pés das crianças e invente personagens, alienígenas, bichos e o que a imaginação do seu filho inventar.

 

É claro que o que eu quero de verdade é que seu filho fique o menor tempo possível no hospital. Mas porque não fazer deste tempo, o melhor tempo possível?

 

Foto da chamada: http://bit.ly/cc_photo com modificações.

 

Patrícia Marinho

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740)Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP.Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

NOSSAS INICIATIVAS
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade