PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica

Dificuldades no tratamento do TDAH

06/07/2017
  3982   
  0
A incidência de TDAH parece ser universal. Embora mais frequente em meninos, não é frequentemente associada a uma raça, povo ou cor ou grupo social. Mas um estudo publicado na revista Pediatrics de junho de 2017 encontrou diferenças raciais significativas na frequência com que os jovens diagnosticados com Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade […]
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

O corpo é sagrado

26/06/2017
  2405   
  0
“Você sente o seu corpo, eu sinto o meu corpo.” Bruna Mutarelli
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

“Eu quero ver a cidade”

02/06/2017
  2818   
  0
Já sei pra onde vou, eu vou sentir o calor da rua. Francisco el Hombre
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

Camas: Quando fazer a transição

28/04/2017
  2574   
  0
Sua criança pode ter uma sensação inebriante de liberdade nas primeiras noites após fazer a transição permanente do berço para uma cama. Felizmente, a maioria das crianças está feliz em ficar em suas camas, mais dispostas do que elas ficariam em seus berços. No entanto, para alguns, a transição tem de ser acompanhada de perto. […]
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
Quando as crianças terminam de fazer um desenho, gostam de mostrar aos adultos. Entre adultos, já ouvimos muitas vezes que os desenhos das crianças são rabiscos, que só passam a ter sentido quando a criança já figura. Contudo, em tantos traços há uma investigação que desenvolve a sua imaginação, sensibilidade, criatividade e estética.
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

12 dicas para sobreviver ao terrível 3 anos

24/04/2017
  6854   
  1
Ter um filho de 3 anos pode ser mais difícil do que se imagina. Aqui estão 12 dicas para ajudá-lo a aprender a amar a paternidade novamente:
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
1- As crianças adoram aprender 2- A comunicação aberta e honesta criará uma proximidade ao longo da vida com seu filho. 3- Rotinas e responsabilidades farão seu filho saber o que esperar. Quando uma regra é quebrada, uma consequência natural precisa acontecer
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
As crianças que crescem em circunstâncias ambientais de desvantagem social e econômica são mais propensas a ter deficiência de desenvolvimento.
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
Nosso conhecimento não era de estudar em livros. Era de pegar de apalpar de ouvir e de outros sentidos. (…) A gente não gostava de explicar as imagens porque explicar afasta as falas da imaginação.  Manoel de Barros
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

A investigação como lugar do encontro

23/01/2017
  2183   
  0
Duas crianças, uma bacia com água, potes, panelas, uma concha e uma escumadeira. Numa manhã de dezembro uma criança de um ano e meio brincava de pegar água na bacia e levar até um pote. Ela pegava água com a concha, passava pelo pote e derramava a água na panela. Metade da água se perdia […]
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

Transtorno de Atenção

13/01/2017
  2321   
  0
Uma boa notícia sobre TDAH (transtorno de atenção e hiperatividade) apareceu no final do ano. Um estudo, publicado em dezembro de 2016 na Pediatrics, analisou as alterações nas taxas de diagnóstico de TDAH e estimulante receitado a crianças com idades entre 4-5 anos de idade, entre 2008 e 2014.
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

Uso do castigo físico

12/01/2017
  2407   
  0
No Brasil desde que foi promulgada a lei da palmada (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2014/Lei/L13010.htm) em 2014, o assunto de castigo físico por parte de pais e responsáveis vem sendo debatido pela sociedade, sem ainda chegar a um consenso.
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade

    Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se abaixo para receber nossas comunicações. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade de Instituto PENSI.