PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Diversidade e Inclusão
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Diversidade e Inclusão

Diversidade e Inclusão

09/04/2018
  1129   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

A Organização das Nações Unidas, em documento de setembro de 2015 assinado por muitos países, entre eles o Brasil, propôs a Agenda 2030, para um mundo melhor. Consiste em 17 objetivos de sustentabilidade. O ano de 2030 está aí, faltam apenas 12 anos. Qual o mundo que queremos? Qual o país que pensamos para viver? Qual a cidade que gostaríamos de morar?

Nossa Fundação e suas duas organizações, o Sabará Hospital Infantil e o Instituto Pensi, devem colocar em seus planejamentos estratégicos para os próximos anos os objetivos onde eles possam colaborar com as metas. A Agenda consiste em quatro eixos:

 

1- Planeta: proteger o planeta da degradação, sobretudo por meio do consumo e da produção sustentáveis;

2- Paz: promover sociedades pacíficas, justas e inclusivas;

3- Prosperidade: assegurar que todos os seres humanos possam desfrutar de uma vida próspera e de plena realização pessoal, e que o progresso econômico, social e tecnológico ocorra em harmonia com a natureza;

4- Parcerias: mobilizar os meios necessários para implementar esta Agenda por meio de uma Parceria Global para o Desenvolvimento Sustentável.

 

Certamente num país tão igual como o nosso, precisamos trabalhar muito o problema da diversidade e inclusão. Nessa agenda escolhemos algumas áreas de atuação, e aqui coloco as referentes a inclusão e diversidade.

 

  • Objetivo 3. Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar;
  • Objetivo 5. Alcançar a igualdade de gênero e empoderar mulheres e meninas;
  • Acabar com todas as formas de discriminação contra mulheres e meninas.
  • Objetivo 10. Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles;
  • 2 Empoderar e promover a inclusão social, econômica e política, independentemente da idade, gênero, deficiência, raça, etnia, origem, religião, condição econômica ou outra.
  • 3. Garantir a igualdade de oportunidades e reduzir as desigualdades.

 

Em uma declaração de política publicada na revista Pediatrics, a Academia Americana de Pediatria está afirmando seu compromisso de que todas as crianças tenham ótima saúde e bem-estar e sejam valorizadas pela sociedade.

A ” Declaração de Diversidade e Inclusão da Academia Americana de Pediatria “, publicada na edição de abril de 2018 da Pediatrics reconhece que as crianças são cada vez mais diversas, com diferenças que podem incluir raça, etnia, língua falada em casa, religião, deficiência e necessidade de cuidados especiais de saúde, status socioeconômico, orientação sexual, identidade de gênero e outros atributos.

A declaração também reforça a visão da academia para que os seus membros pratiquem cuidados de saúde da mais alta qualidade, tenham satisfação profissional e desfrutem do bem-estar pessoal. Os líderes descrevem os esforços da academia dedicados a essa missão no comentário ” Novos Recursos e Estratégias para Promover os Valores de Diversidade, Inclusão e Equidade em Saúde da AAP “. Eles enfatizam os valores centrais da academia para promover a diversidade. promovendo a inclusão e promovendo a equidade em saúde para todos. Até 2020, mais da metade de todas as crianças dos EUA serão minorias raciais ou étnicas, observam os líderes. A AAP está comprometida em ajudar as crianças a crescer em um mundo que as valorize, promova ambientes seguros e libere-as de preconceitos e discriminação.

Saiba mais sobre diversidade e inclusão na infância e juventude:

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/existe-uma-maneira-correta-para-educar-os-filhos/

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/a-inclusao-de-jovens-com-necessidades-especiais/

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/o-que-queremos-para-2030/

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: Pediatrics March 2018

Policy Statement AAP Diversity and Inclusion Statement

From the American Academy of Pediatrics

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade