PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
O que um pediatra deve saber sobre abuso infantil?
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
O que um pediatra deve saber sobre abuso infantil?

O que um pediatra deve saber sobre abuso infantil?

11/12/2017
  867   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Nos EUA existe uma preparação para pediatras que queiram se dedicar a questão do “Abuso infantil”. Eles são médicos com formação específica, experiência e habilidades na avaliação de crianças que podem ser vítimas de algum tipo de abuso ou negligência. No Brasil, temos uma regulação específica que é o Estatuto da Criança e do adolescente (ECA) que legisla sobre o assunto.

Esse papel descrito pela Academia Americana de Pediatria, é exercido pelos diretores clínicos dos hospitais e geralmente temos muito pouca formação para isso.

No Sabará Hospital Infantil, a violência contra a criança é uma das preocupações e procuramos dar informação e formação para nossos profissionais. Pode parecer estranho, mas abuso de qualquer tipo é uma coisa bem mais comum do que as pessoas geralmente pensam, mesmo em pacientes de classe média alta como os que nos frequentam.

Que tipo de treinamento o pediatra de abuso infantil tem?

  • Graduação da faculdade e da faculdade de medicina.
  • Três ou quatro anos de treinamento de residência no atendimento médico de crianças.
  • Formação e experiência adicionais em pediatria em abuso infantil.
  • Certificação pela American Board of Pediatrics e pode ter certificação adicional na subespecialidade de pediatria de abuso infantil.
  • Outros tipos de provedores de saúde, como medicina familiar ou médicos de emergência e profissionais de enfermagem, também podem ter experiência em pediatria de abuso infantil.
  • Devido ao seu treinamento e habilidades especiais, os pediatras dedicados à questão abuso infantil são os médicos mais capazes de ajudar a determinar se e como uma criança ficou ferida. Quando apropriado, os pediatras de abuso infantil buscam ativamente problemas médicos ou outras explicações sobre os sintomas de uma criança.

Tipos de serviços oferecidos por esses pediatras:

Os pediatras de abuso infantil coletam história médica de pais e famílias, conversam com crianças, examinam crianças, analisam exames de sangue, raios-x e outros testes e podem ordenar e revisar testes adicionais. Esses pediatras geralmente trabalham dentro de uma equipe multidisciplinar, com médicos, funcionários do hospital, trabalhadores da agência de serviços de proteção à criança e policiais para coletar informações e garantir que todas as agências envolvidas compreendam as preocupações médicas sobre uma criança. Além disso, examinam cuidadosamente todos os detalhes sobre a criança e por que existe a preocupação com o abuso. A avaliação inclui falar com muitos profissionais envolvidos no cuidado e proteção do seu filho, como o médico de cuidados primários da criança, o terapeuta, o trabalhador do serviço de proteção infantil e o policial e geralmente testemunham no tribunal para ajudar um juiz e um jurado a entender as preocupações e lesões médicas de uma criança e o que eles significam.

No início de dezembro tivemos o 11º Fórum Paulista de Prevenção de Acidentes e Combate à Violência da Sociedade de Pediatria de São Paulo.

https://www.eventbrite.com.br/e/11o-forum-paulista-de-prevencao-de-acidentes-e-combate-a-violencia-da-sociedade-de-pediatria-de-sao-tickets-39487175204#

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte Seção sobre abuso e negligência infantil (Copyright © 2013 American Academy of Pediatrics)

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para os cuidados médicos e os conselhos do seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que seu pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade