PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Determinantes sociais da saúde infantil
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Determinantes sociais da saúde infantil

Determinantes sociais da saúde infantil

31/05/2016
  1671   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

A Organização Mundial de Saúde publicou em seu site o texto “10 facts about early child development as a social determinant of health” (10 fatos sobre determinantes sociais da saúde infantil). O que faço a seguir é uma tradução ou eventual resumo deles. A importância do tema, creio, é convidar a nós todos sobre o que estamos fazendo em relação a esses fatos.

Fato 1. Favorecer o desenvolvimento físico, cognitivo, social e emocional de crianças de 0 a 8 anos de idade significa criar boas condições para isso.

Fato 2. Cuidados estáveis, responsáveis e nutritivos; ambiente seguro e confiável; e alimentação adequada são fundamentais ao desenvolvimento saudável da criança. Daí a importância da gravidez e parto seguros, aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida da criança, vacinação e proteção contra violência, negligência e abuso.

Fato 3. O cérebro se desenvolve rapidamente nos primeiros anos de vida da criança. A interação contínua entre genes e os diferentes ambientes nos quais as crianças nascem, crescem, aprendem e vivem molda o cérebro em desenvolvimento. Durante estes anos críticos é fundamental o apoio à saúde física e mental da criança, pois isso afeto tudo, desde sua capacidade de aprender ao longo da vida, até a de se adaptar às mudanças e ser resiliente às circunstâncias adversas.

Fato 4. Relações estáveis e cuidadosas com adultos – qualquer que seja a forma ou lugar em que possam ser fornecidas – irão beneficiar o desenvolvimento saudável do cérebro das crianças. Por outro lado, experiências adversas precoces – por exemplo, cuidado instável, privação de amor ou de alimentação, e estresses associados com negligência e maus tratos – aumentam consideravelmente a probabilidade de problemas de saúde e desenvolvimento ao longo da vida.

Fato 5. Comunidades seguras, coesas e centradas na criança são muito importantes para o desenvolvimento da primeira infância.

Fato 6. Programas de cuidados e educação na primeira infância de alta qualidade podem aumentar as chances das crianças para o sucesso na vida adulta. Em particular, pode melhorar as vidas das crianças mais desfavorecidas e vulneráveis ​​e suas famílias, com profundas consequências para a sociedade em geral.

Fato 7. Para melhorar o estado de desenvolvimento da primeira infância, governos, bem como comunidades globais precisam incrementar continuamente a qualidade das condições das famílias para cuidar dos filhos, considerando segurança econômica, trabalho flexível, informação e apoio, saúde e necessidades de acolhimento de crianças.

Fato 8. O desenvolvimento da primeira infância é fundamental ao desenvolvimento humano e é básico ao êxito das sociedades. É crucial medir o estado de desenvolvimento da primeira infância de forma comparável em todo o mundo. Isso requer parceria das famílias com agências internacionais, nacionais e locais.

Fato 9. O progresso impressionante em alguns indicadores de sobrevivência, como a redução da taxa de mortalidade infantil, não implicou igual alcance no pleno potencial de desenvolvimento das crianças.

Fato 10. Outras características ambientais também influenciam o desenvolvimento da criança pequena: exposição a riscos físicos (afogamento, queimaduras), biológicos (diarreia, pneumonia), e químicos (intoxicação por mercúrio e chumbo).

Lino de Macedo

Lino de Macedo

Professor Doutor Lino de Macedo Assessor de psicologia e educação do Instituto Pensi e Hospital Infantil Sabará

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade