PESQUISAR

A importância de visitar o pediatra antes do nascimento do bebê
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
A importância de visitar o pediatra antes do nascimento do bebê

A importância de visitar o pediatra antes do nascimento do bebê

24/07/2018
  69   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Quando eu praticava a pediatria em consultório, recebia sempre pais que ainda não tinham filhos nascidos, mas que faziam essas visitas para escolher o seu pediatra, tirar dúvidas e conversar sobre seu futuro filho.

A Academia Americana de Pediatria (AAP) recomenda uma visita pré-natal pediátrica antes do parto para ajudar as crianças a alcançar seu potencial mais saudável, a partir do 1º dia. A recomendação e para que todos os futuros pais visitem um pediatra durante o terceiro trimestre da gravidez como um importante primeiro passo para estabelecer um relacionamento de confiança e apoio médico domiciliar para seu filho. Além de responder a quaisquer perguntas urgentes que os pais tenham sobre trazer para casa um novo bebê, uma visita pré-natal pode ajudar a antecipar desafios pouco reconhecidos, como a depressão pós-parto. Ao mesmo tempo, pode introduzir estratégias parentais positivas para ajudar a amortecer os efeitos do estresse na vida da criança e o papel de apoio que os pediatras podem desempenhar. Tudo isso está no artigo “Visita pré-natal” da revista Pediatrics de julho 2018.

Enquanto mais de três quartos dos pediatras fazem uma visita pré-natal, as pesquisas mostram que apenas poucos pais de primeira vez consultam a um médico nos EUA durante o pré-natal. É preocupante para a AAP que menos de 5% das mulheres grávidas, pobres e de áreas urbanas consultem um pediatra durante o período pré-natal nos EUA, apesar de estarem em maior risco de problemas durante a gravidez que podem afetar a saúde de seus filhos. Dados sugerem que mulheres grávidas em áreas rurais podem ter ainda mais dificuldade em acessar uma visita pré-natal.

De acordo com a AAP, uma consulta pré-natal com o pediatra é especialmente útil para os pais pela primeira vez e aqueles que estão enfrentando uma gravidez de alto risco, enfrentando complicações, esperando mais de um filho ou no processo de adoção de um filho.

Em uma visita pré-natal, um pediatra pode cobrir tópicos de segurança como assentos de carro, que tipo de cama os pais precisam para um berço ou berço, e que imunizações os membros da família precisam para proteger o recém-nascido. É uma oportunidade para falar sobre amamentação e doação de sangue do cordão umbilical. O relatório clínico – que atualiza uma versão anterior publicada em 2009 – também inclui recomendações sobre o reconhecimento da depressão e outros desafios que podem prejudicar a saúde infantil.

A visita pré-natal pediátrica é um bom momento para falar sobre os sentimentos normais de estresse de um bebê chorando ou outras demandas de cuidar de uma criança, bem como definir planos claros para ajudar a lidar com o estresse antes de se sentir sobrecarregado com o nascimento da criança. Os pais são encorajados a trazer outros membros da família que vão desempenhar um papel importante na vida do bebê para a visita.

Não encontrei nenhuma orientação deste tipo nos sites da SBP ou da SPSP, sociedades brasileiras e paulista de pediatria. Mas achei um belo texto sobre o papel dos pediatras.

Saiba mais:

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: June 2018 Pediatricas – From the American Academy of Pediatrics

The Prenatal Visit

Michael Yogman, Arthur Lavin, George Cohen, COMMITTEE ON PSYCHOSOCIAL ASPECTS OF CHILD AND FAMILY HEALTH

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740)Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP.Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

NOSSAS INICIATIVAS
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade