PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Nutrição e afeto
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Nutrição e afeto

Nutrição e afeto

19/05/2017
  812   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Muitas vezes nos perguntamos o porquê as questões alimentares ganham tamanha repercussão na vida cotidiana de cada família. Pais, mães, avós, professores e cuidadores passam muito tempo tentando encontrar o melhor alimento possível para as crianças, a melhor forma delas se alimentarem etc.

Nesse panorama, não podemos esquecer, que o primeiro alimento humano – o leite materno- quando ofertado carrega consigo não apenas os nutrientes necessários para o desenvolvimento físico do bebe, mas também, vem acompanhado de carinho, amor, afeto, desejo, investimento, olhar, atenção e cuidados primordiais. Podemos afirmar, que o humano não sobrevive sem esse a mais que o leite carrega. Se estivéssemos apenas interessados em nutrir, aquele bebê a nossa frente não sobreviveria.

Instauramos assim uma marca na relação com o outro que nos cuida. É assim que se funda o aparelho psíquico na criança, ou seja, em cada um de nós. A marca do alimento, que não carrega em si somente a possibilidade de saciar a fome,  é o que nos permite viver.

Os poetas cantam de forma bela: “Agente não quer só comida, agente quer comida diversão e arte…”. A cada encontro com o outro e com o alimento, o que surge como traço de memória (memórias que ficam marcadas na nossa mente, mas que não temos necessariamente consciência delas) é esse primeiro momento inaugural da vida humana. Então quando nos perguntamos qual o melhor alimento, qual a forma certa de dar de comer, qual é o modelo que devemos adotar em nossas casas, não podemos perder de vista que comida, não é só comida, ela é afeto, compartilhamento e relação.

O primeiro alimento não nutri apenas, mas sim alimenta o humano de humanidade.

Comunicação PENSI

Comunicação PENSI

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade