PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
vacinação Página 2
Pela primeira vez desde 2002, todas as vacinas indicadas a menores de um ano ficaram abaixo da meta do Ministério da Saúde, que prevê imunização de 95% destas crianças. A maioria das vacinas tem índices entre 71% e 84%, sendo a única exceção a vacina BCG contra tuberculose, aplicada nas maternidades, com 91%. Os dados […]
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
Quando pensamos que desgraças na área da saúde só acontecem no Brasil ou em países pobres, lemos esta notícia de um aumento de 400% de casos de sarampo durante 2017 na Europa. Por trás disso está o mito que relaciona a vacina de sarampo e casos de autismo.
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
A vacinação de grávidas é uma preocupação, mas existe trabalhos mostrando a segurança de muitas vacinas. A Sociedade Brasileira de imunizações inclusive tem um calendário mostrando a segurança e os riscos (https://sbim.org.br/images/calendarios/calend-sbim-gestante.pdf).
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
Algumas doenças, como a coqueluche não assustam muito as pessoas, isso porque graças a vacina tríplice esta doença deixou de ser comum e os casos graves, apesar de existirem, são raros.
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
Bebes nascidos de mulheres grávidas vacinadas contra a gripe durante a gravidez são significativamente menos propensos a ter doenças gripais, segundo estudo, publicado na edição de junho da revista Pediatrics que examinou o estado de vacinação de 245,386 mulheres e taxas de doenças gripais em suas 249,387 crianças.
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
Pais preocupados com a segurança das vacinas sempre questionam seus pediatras sobre prolongar ou espaçar o esquema vacinal recomendado. A maioria dos médicos tende a enfatizar a importância de dar todas as vacinas, nas épocas recomendadas, e delinear os potenciais perigos de não fazê-lo, mas alguns pais ainda resistem.
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
Desde a introdução da vacina contra o rotavírus em 2006, a cobertura total permanece inferior para outras vacinas, e esta doença diarreica continua a ocorrer. Porque a série de vacina contra o rotavírus deve ser iniciada o mais tardar até os 2 meses com outras vacinas recomendadas rotineiramente.
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
  A Academia Americana de Pediatria (AAP) publicou recomendações da vacina influenza atualizados em uma nova declaração de política, ” Recomendações para a Prevenção e Controle da Influenza em Crianças, 2014-2015 “, na edição de outubro de 2014 da revista Pediatrics. A política atualizada recomenda que todas as crianças com idades entre seis meses e […]
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
Estudo faz um comparativo entre a versão DTP e DTPa Nos últimos anos, com o aumento de coqueluche entre adolescentes e adultos jovens, tem se dado mais atenção ao calendário vacinal. A vacinação básica consiste na aplicação de 3 doses com intervalo de 60 dias (mínimo de 30 dias), a partir dos 2 meses de […]
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
Pesquisa aponta a despreocupação dos pais quanto à prevenção por meio de vacinas nos jovens   Apesar do fato das vacinas serem reconhecidas como um meio seguro e eficaz de proteção contra uma série de doenças imunopreveníveis, muitos adolescentes ainda não receberam as vacinas recomendadas pelo Ministério da Saúde e pela Sociedade Brasileira de Pediatria. Mas isso não ocorre […]
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
A vacina contra o HPV está no mercado há alguns anos e, sempre que recomendo esta vacina para as meninas, pais e mães questionam se isto não é um incentivo ao início de atividade sexual precoce. Na revista Pediatrics de novembro de 2012, saiu um interessante artigo que mostra que não há razão para esse […]
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
Ninguém gosta de ver uma criança sentindo dor pela picada da agulha de uma vacinação de rotina. Muitas vezes, os pais e mães sofrem mais do que seus filhos, pois a dor emocional parece pior do que a dor física. Mas os pais são capazes de ajudar, apenas pela forma como seguram e confortam seu […]
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.
INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade

    Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se abaixo para receber nossas comunicações. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade de Instituto PENSI.