PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Especialistas alertam para perigos do verão
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Especialistas alertam para perigos do verão

Especialistas alertam para perigos do verão

21/12/2017
  1052   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

No final de dezembro se inicia o Verão no Hemisfério Sul, e nós no Brasil, um “país tropical abençoado por Deus” precisamos nos preocupar com os perigos desta época do ano.

Embora o verão seja tradicionalmente visto como época de férias, piscina e praia com sol, e passe uma ideia de alegria, tem-se que tomar muito cuidado com as ameaças que ele traz consigo, que vão desde um maior número de insetos em circulação até o risco de câncer de pele, por excesso de exposição ao sol. A série Diálogos na USP traz para discussão os riscos comumente  associados ao verão.

A médica  Tatiana Vilas Boas, dermatologista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, explica que doenças mais prevalentes dessa época do ano são aquelas queimaduras que ocorrem com limão chamadas de fitofotodermatose; a insolação; dengue; intoxicação alimentar; bicho geográfico; micoses; queimadura solar; brotoejas; e desidratação.

Para a prevenção, deve-se evitar o banho de sol entre 11 e 16 horas, tomar muito líquido e usar frequente o protetor solar. Camisetas e vestuário com proteção UV funcionam muito bem, então elas são até melhor indicadas quando já se tem uma queimadura solar inicial. É mais comum usar a camiseta do que passar o filtro solar nessas regiões.

A médica Amanda Nazareth, infectologista do Ambulatório de Viajantes do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, mostra os riscos para aqueles que viajam. A diarreia do viajante acomete cerca de metade de todo mundo que viaja por ano. Apesar disso, a diarreia nem sempre é infecciosa. Ela ressalta que pode ser reflexo da falta de costume a certos temperos e óleos de alimentos comuns da região visitada. Também se deve ter bastante cuidado com os alimentos ingeridos nos cruzeiros, com a ingestão de alimentos crus, como saladas, que necessitam de uma esterilização feita com hipoclorito de sódio, para que seja eliminado o risco de infecção. Como em uma viagem nem sempre isso é possível, ela aconselha evitar  esses alimentos.

Saiba mais:

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/como-proteger-as-criancas-de-doencas-infecciosas-frequentes-no-verao/

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/cuidados-dermatologicos-para-o-verao/

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/que-tal-ferias-tranquilas-neste-verao/

Para ouvir as orientações, clique no link :

https://jornal.usp.br/atualidades/especialistas-alertam-para-perigos-do-verao/

Autor: Dr José Luiz Setúbal

Fonte: Diálogos da USP

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade