PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Não lembro…
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Não lembro…

Não lembro…

28/08/2015
  438   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

eu-nao-sei

Isaac achou melhor responder a todas as nossas perguntas com “não lembro”.

Qualquer uma delas. ele não lembra e ponto.

Aí, eu que sou daquelas que não deixa nada quieto, comecei a prestar atenção na rotina.

Logo, cheguei a conclusão de que é muito mais fácil, mas muito mesmo, falar que não lembra do que colocar a cabecinha pra pensar.

E isso, senhores, me arrepia. não aceito não.

Logo, abelhuda que sou, ontem comecei operação “lembra sim, como não?” aqui em casa.

Vou de leve no começo. se eu vejo mesmo que aqui mora o cúmulo da preguiça mental, viro a loka.

Me dói ver cabecinha tão fresca. máquina tão nova já falhando.

Pode ser culpa minha ( a lá!), culpa do pouco estímulo, culpa da tecnologia que não deixa mais a gente nem pensar antes de tocar uma tela ou apertar um botão.

Sei lá. mas assim, desmemoriado aos seis anos de idade, já é demais.

Então. nessa nova operação que aqui se inicia, sou tirana? sou vilã?

Nada. só me entrego às charadas e à ironia.

Exemplo número 1:

–  Mãe, onde está meu livro?

–  Lá na prateleira, onde os livros são guardados, ué.

–  Mas não está.

–  Onde você acha que está?

Ele já fica levemente irritado e sai batendo o pé, mas creio que a semente já foi plantada, né?

Exemplo número 2:

Estava eu no carro cantando Beatles quando Isaac me pergunta o significado de uma palavra em inglês.

Digo o significado, explicando sim de uma maneira que ela fique linda e ele a acrescente no vocabulário.

No próximo refrão ele pergunta de novo e eu digo só o significado.

e=Wm menos de 3 minutos, ele pergunta de novo.

Na quarta…. na quarta vez, minha amiga, vi a oportunidade:

– O que vc acha que significa?

– Não lembro.

– Mesmo? faz uma força, essa palavra não parece tal coisa?

– Eu não lembro e pronto!

Aí, eu peço que ele tente buscar na memória de três minutos atrás.

Lógico que, de prima assim, não funcionou.

Lógico que ele se irritou e bufou e soprou e soprou.

Mas a casa aqui cai não viu?

E vamos tentando…ufa…

Carol Garcia

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade