PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Nave Mãe
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Nave Mãe

Nave Mãe

06/12/2016
  633   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Ser mãe.
Tarefinha delícia porém cheia de vírgulas.
Satisfação plena porém repletas de tempestades de cuspe.
Um ensinar e aprender infinito.
Ok.
Sabemos.

E estava eu outro dia conversando com Isaac sobre a vida.
Jogo bem a real.
Digo que ela não é fácil.
Que se a gente não ter paciência a gente sofre.
Que egoísmo é uma arma que usamos contra nós mesmos.
Que gentilezas são necessárias para quem escolhe viver em sociedade.
E que, principalmente, ouvir os pais é importantíssimo.

Tá.

Ele logo pergunta se estou dando bronca.
Digo que não.
Mas que as vezes a gente precisa ter umas conversas mais sérias.
Que eu preciso muito ensinar para ele algumas maneiras de se virar com o mundo.
De crescer num caminho legal.
Que vou contando como aprendi pra ele mesmo saber o que fazer.

Ãhã.

Ele logo muda o assunto para vídeo games, peças de montar e filmes de ação.

Ok, vamos juntos, passo a passo.

E ele logo questiona sobre a palavra mãe estar tão presente em tudo.
A língua-mãe. Explico.
A placa-mãe do computador. Explico.
Ele pergunta, pergunta, pergunta.
E eu, toda tonta, falo sobre a nave mãe.
A do jogo eletrônico querido.

– A nave mãe é aquela que protege as outras naves menores.

– Nããããão, mãe. Não, né?

– Não??? Então o que ela faz?

– A nave mãe é aquela que QUER controlar tudo.

(E me olhou com aquela cara de “e não controla bosta nenhuma”)

Ok.
Mudança de comportamento! ATIVAR!!!!!

Carol Garcia

Carol Garcia

Carol Garcia nasceu jornalista e descobriu isso bem mais tarde. Apareceu na TV, na internet, escreveu quilômetros de textos, fala pacas pelo microfone e adora. Nasceu mãe também, e hoje aos 36, vive de aprender e ensinar com o Isaac. Logo, ela juntou tudo, misturou, chacoalhou e mantém um blog onde desfia e desafia todos os loopings dessa montanha russa que é a maternidade. http://viajandonamaternidade.blogspot.com.br/

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade