PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Vivendo e aprendendo
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Vivendo e aprendendo

Vivendo e aprendendo

29/08/2016
  490   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Mais um post da série “dê liberdade ao seu filho e se veja rodeada por dilemas”.

Não reclamo.

Escolhemos a educação a base da conversa e carinho. Logo, vamos lidando com a liberdade de expressão também. A expressão da vontade, do ser, do agir… Todo o pacote que envolve uma criança que nem uma década completou ainda…

 

O negociante

– Ok. Vamos combinar. Você pedala x minutos e ganha x minutos de jogo no tablet.

– Tá, mas se eu pedalar mais eu vou poder jogar de graça?

 

O bagre ensaboado 

– Mãe, eu fiquei na cor amarela hoje na escola (todo miando).

– A é? E o que houve?

– Olha, me escuta primeiro, eu não sabia que conversar enquanto um outro amigo estava apresentando seu trabalho era sinal que eu não gostava dele.

– Mesmo assim, a professora está certa. Não é legal atrapalhar o colega.

– É, mas eu gosto dele! (Faz a vítima)

– Sei.

– Mas eu gosto de conversar também, oras. Ela não entende?????

 

O dramático

– Vamos filho! Já já você tem pilates!

– Pilates????? (Lagrimazinha no canto)

– Sim, pilates.

– Por que? Por que? Por que???????

 

O prático

– Vamos! Você tem que terminar todos os exercícios. Depois você escolhe o que fazer.

– Sério?

– Sério.

– É isso. Você não me ama mais. 

 

O docinho de coco da mamãe.

– E aí Isaac? Tudo lindo na escola?

– Tudo, mas faltou uma coisa.

– O que?

– Você, mãe, faltou você.

 

O surreal 

– Vem aqui mãe! Deita e levanta a blusa!

– Pra quê meu filho????

– Vou tirar a tampa do seu umbigo e me enfiar aí de novo.

 

Sério que já pensei na possibilidade…

Quem nunca?????

Carol Garcia

Carol Garcia

Carol Garcia nasceu jornalista e descobriu isso bem mais tarde. Apareceu na TV, na internet, escreveu quilômetros de textos, fala pacas pelo microfone e adora. Nasceu mãe também, e hoje aos 36, vive de aprender e ensinar com o Isaac. Logo, ela juntou tudo, misturou, chacoalhou e mantém um blog onde desfia e desafia todos os loopings dessa montanha russa que é a maternidade. http://viajandonamaternidade.blogspot.com.br/

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade