PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
5 dicas para um banheiro seguro
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
5 dicas para um banheiro seguro

5 dicas para um banheiro seguro

04/03/2016
  683   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

 

Toda casa é um local potencial de perigos para crianças pequenas, mas cozinhas e banheiros são locais mais perigosos, seja pelo piso mais escorregadio, pelos produtos existentes ali ou até pelos perigos das atividades realizadas nestes lugares.

A maneira mais simples de evitar lesões em banheiros é fazer com que este cômodo seja inacessível a crianças desacompanhadas dos pais. Isso pode significar a instalação de uma trava na porta na altura do adulto para que a criança não consiga entrar no banheiro quando o responsável não estiver por perto. Além disso, é importante certificar-se de ter uma fechadura que possa ser desbloqueada a partir do exterior, apenas para o caso da criança ficar trancada dentro daquele local.

Dicas simples para prevenir lesões em crianças no banheiro:

  1. Supervisão: As crianças podem se afogar em apenas alguns centímetros de água, por isso, nunca deixe uma criança sozinha no banho, nem por um momento. Se você precisar atender a campainha ou o telefone, envolva sua criança em uma toalha e leve-a consigo. Cadeiras de banho e anéis são feitos para serem auxiliares de banho e não vão impedir a criança de se afogar, caso ela esteja sozinha. Nunca deixe água na banheira quando não estiver utilizando-a. Também é importante ter tudo o que você acha que vai precisar ao alcance do braço, antes de começar o banho, para não precisar se ausentar.
  2. Escorregões e quedas: Instale tiras antiderrapante na parte inferior da banheira. Coloque uma cobertura amortecida na torneira de água para que seu filho não se machuque, caso bata a cabeça contra ela. Adquira o hábito de fechar a tampa do vaso sanitário.
  3. Temperatura da água: Para evitar queimaduras, a temperatura mais quente na torneira deve ser de, no máximo, 49 graus celsius. Em muitos casos, você pode ajustar o seu aquecedor de água quente. Quando seu filho crescer o suficiente para ligar as torneiras, ensine-o a ligar primeiro a água fria e depois a quente.
  4. Medicamentos e produtos de higiene pessoal: Mantenha todos os medicamentos em recipientes com tampas de segurança. Lembre-se, no entanto, que nem todos são à prova de crianças, por isso, armazene os medicamentos e cosméticos fora de alcance em um armário trancado e em local alto.
  5. Aparelhos elétricos: Se você usar aparelhos elétricos no banheiro, em especial secadores de cabelo e máquinas de barbear, certifique-se de desconectá-los da tomada e armazená-los em um armário com trava de segurança. É sempre melhor usá-los em outra local, onde não haja água.

 

Fonte: Caring for Your Baby and Young Child: Birth to Age 5, 6th Edition (Copyright © 2015 American Academy of Pediatrics)

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e a orientação de seu pediatra. Podem haver variações no tratamento que o profissional pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

 

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade