PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
AAP recomenda que os pediatras saibam mais sobre drogas
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
AAP recomenda que os pediatras saibam mais sobre drogas

AAP recomenda que os pediatras saibam mais sobre drogas

19/01/2012
  348   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

O fato de terem mais informações, torna os profissionais mais qualificados para identificar e aconselhar adolescentes que fazem uso de substâncias

Qualquer pai ou mãe com filhos adolescentes se preocupa com o uso de drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas.

Em novembro de 2011, a Academia Americana de Pediatria (AAP) publicou uma nova política para a prevenção de abuso de substâncias tóxicas por parte dos adolescentes. Embora o texto seja dirigido para os pediatras e demais profissionais de saúde que lidam com os jovens, ele merece ser lido por quem se preocupa com o assunto.

No comunicado, “Substance Use Screening, Brief Intervention and Referral to Treatment for Pediatricians” publicado na edição de novembro de 2011 da revista Pediatrics (disponível on-line em 31 de outubro), a AAP recomenda que os pediatras sejam bem informados sobre uso de cigarros, álcool e outras drogas ilícitas e que saibam sobre as tendências de utilização nas comunidades onde atuam.

Os profissionais deveriam ser treinados para saber detectar adolescentes que usam álcool e drogas, em visitas de rotina ou de tratamento de alguma doença dos jovens.

Todos os adolescentes podem se beneficiar de aconselhamento de um médico sobre álcool e drogas; os que são viciados em outras substâncias também deveriam ser encaminhado para um tratamento adequado. Os profissionais da saúde devem ter em mente que os transtornos psiquiátricos podem ocorrer em jovens que usam substâncias psicoativas.

Os pediatras devem defender que as instituições públicas e as de saúde suplementar forneçam serviços de equilíbrio mental e abuso de substâncias em todas as idades e estágios de desenvolvimento, com a mesma qualidade e nível de cuidados dos outros serviços de assistência primária.

Tradução e adaptação: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: “Substance Use Screening, Brief Intervention and Referral to Treatment for Pediatricians”
Link:
http://bit.ly/zeHiXS

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade