PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Crianças não conformes, como ajudá-las?
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Crianças não conformes, como ajudá-las?

Crianças não conformes, como ajudá-las?

06/03/2018
  1010   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Vivemos num Mundo cada vez mais complexo. Não passava pela cabeça de meus professores de pediatria no final dos anos setenta e início dos oitenta se preocupar com crianças com dificuldade de orientação sexual. Hoje, isso é uma das grandes preocupações da pediatria atual, a ponto de numa reunião anual da Academia Americana de Pediatria dedicar uma série de palestras em sua Conferencies de Chicago em outubro de 2017.

Esse assunto é polêmico, mas já chegou em novelas e em filmes e já foi abordado em posts no nosso blog. Volto ao assunto porque saiu na Revista Pediatrics de fevereiro de 2018 um estudo, “Utilização de Saúde e Cuidados de Transgênero e Jovens Não Conformes de Gênero: Um Estudo Baseado na População”, que examina as taxas de problemas de saúde mental e física e saúde uso de cuidados por jovens que se identificam como jovens transgêneros / não conformes versus jovens conformes.

Os pesquisadores definiram o grupo transgêneros /não conforme de gênero como aqueles cuja identidade de gênero é diferente do sexo atribuído pelo nascimento. Os jovens de conformes relataram uma identidade de gênero e sexo atribuído ao nascimento que alinhava.

O estudo usou dados de mais de 80.000 estudantes de Minnesota (entre 9ª e 11ª série) e perguntou como se identificavam em relação ao gênero:

Gênero conforme

Transgêneros

Fluido de gênero

Insegura sobre seu gênero.

Os pesquisadores descobriram que os alunos que são transgêneros / não conformes relataram estado de saúde significativamente piores, taxas mais baixas de exames preventivos de saúde e mais visitas ao consultório da enfermeira do que seus colegas conformes.

Foi encontrado que 62% dos jovens transgêneros/não conformes relataram sua saúde geral como ruim, enquanto que apenas 33% dos jovens conformes relataram esse nível de saúde geral.

Os pesquisadores concluem que jovens que são transgêneros não conformes geralmente podem parecer saudáveis ​​e muitos procuram ou estão utilizando serviços de cuidados de saúde. No entanto, muitos ainda apresentam menos do que uma ótima saúde geral relatada e, portanto, os prestadores de cuidados de saúde devem detectar riscos para a saúde e identificar barreiras para cuidar de jovens transgêneros / não conformes. Triagem também oferece uma oportunidade para promover e reforçar o bem-estar dentro desta comunidade, incluindo a identificação de recursos, tais como grupos de apoio e educação de famílias e pais sobre os benefícios do suporte.

Saiba mais sobre esse assunto:

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/como-lidar-com-a-orientacao-sexual-do-jovem/

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/suicidio-em-adolescentes-segunda-principal-causa-de-morte/

http://www.sbp.com.br/imprensa/detalhe/nid/cartilha-de-pediatras-orienta-sobre-transtornos-de-genero/

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: Pediatrics February 2018

Health Disparities Facing Transgender and Gender Nonconforming Youth Are Not Inevitable

Daniel Shumer

http://www.sbp.com.br/imprensa/detalhe/nid/cartilha-de-pediatras-orienta-sobre-transtornos-de-genero/

 

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade