PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Gravidez, amamentação e dieta saudável
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Gravidez, amamentação e dieta saudável

Gravidez, amamentação e dieta saudável

11/07/2013
  493   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Ingerir alimentos ricos em nutrientes favorece a saúde do bebê e o aleitamento materno

Gravidez, amamentação e dieta saudável

A promoção de hábitos alimentares saudáveis ​​para as crianças quando jovens irão ajudá-las a continuar a comer bem ao longo da vida. Porém, isso deve começar na gestação e continuar durante a gravidez e a amamentação. Para não falar na vida toda, pois os pais são uma referência muito forte para os pequenos.

Dicas para mulheres grávidas e lactantes

O alimento que você come e a saúde geral influencia no desenvolvimento do bebê. Por isso:

• Inclua na alimentação um multivitamínico contendo ácido fólico e ferro todos os dias. Converse com seu obstetra sobre qual é o ideal;

• Coma, pelo menos, um vegetal verde escuro e um vegetal amarelo a cada dia. Exemplo: couve, agrião, cenoura, abóbora;

• Escolha legumes e frutas preparadas com pouca ou sem adição de gordura, açúcar ou sal;

• Coma verduras e frutas com mais frequência a ingerir sucos;

• Coma metade dos produtos a base de cereais de grão integral por dia;

• Escolha produtos de grãos que tenham teores mais baixos em gordura, açúcar ou sal;

• Ingira bebidas desnatadas com 1% ou 2% de leite por dia;

• Selecione alternativas com teores de gordura mais baixos;

• Tenha alternativas frequentes à carne, como feijões, lentilhas e tofu;

• Coma pelo menos duas porções de peixe por semana;

• Escolha carnes magras e alternativas preparadas com adição de pouca ou nenhuma gordura. E sal também;

• Satisfaça sua sede com água;

• Limite alimentos e bebidas ricas em calorias, gordura, açúcar ou sal;

• Seja ativa e faça exercícios com regularidade, como parte de uma gravidez saudável. Consulte o médico antes de aumentar o nível de atividade;

• Evite o uso de álcool e adoçantes.

O aleitamento materno é recomendado como a forma ideal de alimentar as crianças. Trata-se da melhor fonte de nutrientes para o bebê e pode ajudar a impulsionar o sistema imunológico dele. Quando uma criança não se alimenta do leite materno, a versão comercial infantil é uma alternativa aceitável.

Para se ter bastante leite, tenha uma alimentação saudável (pode ser a mesma recomendação da gestante, inclusive o multivitamínico) e beba muito líquido. Tente evitar estresse físico e emocional e se dedique ao bebê com afinco.

Por Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: Healthy Canadians

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade