PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Meus presentes de Natal
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Meus presentes de Natal

Meus presentes de Natal

19/12/2014
  471   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

natal

Como sempre acontece, e dessa vez não foi diferente, o ano passou voando, nem havíamos aberto todos os presentes e o ano já começava. Por razões de estudos, meu filho não passou o Natal conosco, ele estava estudando na França e por isso o meu presente mais legal do Natal passado chegou em janeiro desse ano, quando o Lucas voltou, para um pai que ama seus filhos não há presente maior do que ter a família reunida.

Sob a perspectiva “receber presentes”, eu os recebi durante o ano inteiro. Além do retorno do Lucas, pude retornar meus treinos de corrida, já havia quatro meses que estava machucado e a lesão não sarava, em fevereiro voltei a correr sem dor, foi um presentão. Em março conheci duas estudantes de Odontologia que vieram estagiar no consultório, a Jaqueline e a Keity, elas se harmonizaram tão bem e os pacientes gostaram tanto delas, que considerei um dádiva. Já em abril corri a maratona de Dusseldorf, na Alemanha, junto com meus filhos, a Marina e o Lucas. Correr uma maratona de 42 quilômetros, juntos dos filhos é algo inusitado e que traz uma sensação muito gostosa, claro que ao cruzarmos a linha de chegada o rosto estava vermelho e molhado, mas era só dos olhos pra fora, afinal todo mundo sabe que homem não chora.

Em maio conclui minha terceira especialidade, Implantodontia, depois da Odontopediatria, da Odontologia para Pacientes Especiais, um mestrado e um doutorado; fiquei feliz por dar esse presente para mim mesmo, acho que ainda estou em forma. Em junho recebi um presente dos meus leitores da Revista Odonto Magazine, o texto da minha coluna de Odontologia para Pacientes Especiais: “O que você quer: dinheiro, sucesso ou paz no seu coração?” “bombou” e as manifestações foram tantas que nem consegui responder a todos que me brindaram com seus comentários. Também foi um presentão.

Em julho quem me deu o presente foram vocês leitores dos meus posts aqui do Blog Saúde Infantil. Bati todos os meus recordes de curtidas, likes e comentários, sobre o tema: “Odontologia Hospitalar para crianças”. Vocês não sabem o que isso me deixou envaidecido, escrever sobre um tema tão complexo como Odontologia Hospitalar para aqueles que são nossos tesouros, ao mesmo tempo sendo claro para as pessoas leigas e não banal para os especialistas, foi um presente e tanto, obrigado a todos pelas manifestações.

Em agosto fui convidado pelo Ministério da Saúde para participar de um Grupo de Trabalho com um time de especialistas na elaboração de diretrizes para o atendimento de pessoas com deficiências no SUS. Eu que sempre cobrei das autoridades de saúde desse país, a importância de um envolvimento da comunidade odontológica nos cuidados das pessoas com necessidades especiais, foi mais que um presente, foi um prêmio e reconhecimento, fiquei orgulhoso por conviver com profissionais da mais alta qualidade que estão espalhados por esse Brasil.

Em setembro outro presente, que me deixou com o coração pequenininho, minha filha foi fazer sua pós-graduação em Portugal, o orgulho do pai foi nas alturas. Criar filhos com amor é uma benção de Deus, vê-los partir em busca de seus “futuros” são desígnios de Deus. Outubro chegou e outro presente veio do exterior, fui convidado a fazer parte do Conselho de Representantes da IADH (International Association for Disability and Oral Health), que nada mais é do que a associação internacional que se dedica a Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais.

Novembro veio com mais uma notícia maravilhosa, a ONG que ajudamos cuidar, o Instituto Sorrir para Vida, que cuida de crianças e adultos com câncer e necessidades especiais, bateu todos seus recordes de atendimento. Com uma equipe afinada de dentistas voluntários, pudemos atender gratuitamente pacientes carentes que dificilmente conseguem atendimento odontológico, seja do serviço público ou mesmo particular, pela absoluta falta de profissionais que atuam nessa área. Foi mais que um presente, foi uma conquista para provarmos a nós mesmos do SORRIR que estamos no caminho certo.

E agora em dezembro, fazendo uma reflexão de tudo que passou chego à conclusão que o Papai Noel me visitou o ano inteiro. Em cada sorriso conquistado de uma criança, em cada olhar sincero de agradecimento de um pai ou de uma mãe, vejo que sou um cara de sorte e que nem preciso olhar minha árvore de Natal, meus presentes chegaram antes que todos os outros.

Bem, a todos que estiveram por aqui, durante o ano todo, me presenteando com sua amizade, apoio, mensagens e sorrisos meu muito obrigado, e que O Menino Jesus possa trazer paz e amor em vossos corações.

 

assinatura-reynaldo-nova

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade