PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Previna lesões causadas por excesso de esforço
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Previna lesões causadas por excesso de esforço

Previna lesões causadas por excesso de esforço

09/08/2012
  700   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Ìóâè 43 HD

Treinamentos antes das atividades físicas e alongamentos após os exercícios são alguns dos itens para evitar danos no corpo do atleta

Nos últimos 20 anos, mais crianças estão participando de corridas organizadas e recreativas. Com tantos atletas jovens praticando esportes, não é de se admirar que as lesões sejam comuns. Metade de todas elas, abordadas em medicina esportiva em crianças e adolescentes, é por excesso de atividade física. A seguir, colocamos informações da Academia Americana de Pediatria sobre estas lesões, além de dicas para prevenção:

1. O que é uma lesão de esforço?

É o dano a um osso, músculo, ligamentos ou tendões devido ao esforço repetitivo, que não dá tempo para o corpo se recuperar. Dores nas canelas são um exemplo de uma lesão de esforço.

A seguir estão os 4 estágios de lesões por excesso de uso:

a. Dor na área afetada após a atividade física;

b. Dor durante a atividade física, que não restringe o desempenho;

c. Dor durante o exercício físico, que restringe o desempenho;

d. Dor crônica persistente mesmo em repouso.

2. Quem está em risco?

As crianças e os adolescentes possuem maior risco de lesões por sobrecarga, porque os ossos em crescimento são menos resistentes ao estresse. Além disso, os jovens atletas podem não saber que alguns sintomas são sinais de excesso (por exemplo, piora da dor no ombro de nadadores). Se você acha que seu filho tem uma lesão de esforço, converse com o médico dele. Um plano de tratamento pode incluir mudanças em quantas vezes o jovem poderá jogar, controle da dor e fisioterapia.

3. Como evitar lesões por esforço?

Os atletas devem ficar longe de programas de treinamento excessivos que poderiam ser prejudiciais. Abaixo, são dadas orientações para ajudar a prevenir lesões por esforço, promovendo um equilíbrio saudável das atividades:

a. Preparo dos atletas por meio de uma avaliação física para certificação de que eles estão prontos para começar o esporte com segurança. O melhor tempo para fazer isso é cerca de 4 a 6 semanas antes do início do treinamento. Os pais também devem levar as crianças para exames regulares;

b. Os atletas devem manter uma boa aptidão durante a temporada esportiva. Os treinamentos antes da atividade física devem ser em tempo suficiente para o condicionamento físico geral. Igualmente importantes são o aquecimento adequado e exercícios de alongamento após os exercícios físicos;

c. Jogar de forma inteligente. Os atletas devem evitar se especializar em um esporte antes de chegar à puberdade. Criança “superstars” são muitas vezes vitimadas por lesões mais graves. Os pequenos devem ser encorajados a experimentar uma variedade de esportes. A participação em uma atividade física em particular deve ser limitada a 5 dias por semana;

d. Descanse. Os atletas devem ter pelo menos 1 dia de folga por semana da atividade para se recuperarem fisicamente e mentalmente;

e. O aumento do tempo do treinamento semanal, da quilometragem, ou das repetições não deve ser superior a 10% por semana. Por exemplo, se correr 1 quilômetro esta semana, na próxima, deverá correr 1 quilômetro e 100 metros.

4. Como evitar o cansaço?

Burnout (síndrome de excesso de esforço) inclui mudanças mentais, físicas e hormonais que podem afetar o desempenho. Para ajudar a evitar o cansaço do seu filho, siga as orientações abaixo:

a. Mantenha diversão e atividade física apropriadas para a idade dele;

b. Concentre-se no bem-estar geral da criança e lhe ensine a observar os problemas do seu corpo;

c. Lembre-se de promover um atleta satisfeito que pode desfrutar de atividade física regular por toda a vida.

Por Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: Care of the Young Athlete Patient Education Handouts (Copyright © 2011 American Academy of Pediatrics)

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade