PESQUISAR

Residência Médica
Residência Médica
Respirar pela boca é normal?
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Respirar pela boca é normal?

Respirar pela boca é normal?

14/10/2019
  173   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Por Luisa Sanseverino

É mais comum do que parece encontrarmos crianças e adultos que têm o hábito de respirar pela boca. Aqui nesse post vamos elucidar alguns pontos importantes relacionados a esse hábito.

O hábito de respirar pela boca pode parecer inofensivo, no entanto ele pode gerar inúmeros problemas de saúde.

  • Falta de crescimento da face: a respiração bucal induz um posicionamento inadequado da língua da criança, que acaba por não estimular o crescimento correto dos maxilares. Além disso, quando o ar não passa pela narinas, ele também não passa pelos seios da face, prejudicando o desenvolvimento.
  • Doenças respiratórias: o ar deve passar pelas narinas para que seja devidamente aquecido, umidificado e filtrado. Quando o ar entra direto da boca para os pulmões ele não passa pelo processamento necessário, aumentando os riscos de doenças respiratórias, alergias e infecções.
  • Cansaço e falta de atenção: devido à falta de filtração do ar, a qualidade do oxigênio é reduzida. Isso gera uma redução na qualidade de sono e cansaço constante ou falta de atenção nos respiradores bucais.
  • Dentes tortos: quando a pessoa respira pela boca, ela precisa ficar com a boca aberta para o ar passar, isso implica em falta de selamento labial. Quando não temos a força dos lábios agindo sobre os dentes, a tendência é eles se projetarem para frente.
  • Postura errada: pessoas que respiram pela boca tendem a colocar a cabeça para frente para desobstruir a passagem de ar, alterando toda a postura de ombro e coluna, consequentemente.

Por conta de todas essas alterações, é importantíssimo que a criança respire da forma correta pelo nariz, permitindo desenvolvimento e crescimento adequados. Uma vez o hábito instaurado, os problemas começam a se manifestar e podem ser irreversíveis. Para garantir uma respiração correta, portanto, faça uma avaliação com um dentista, otorrino e/ou fonoaudiólogo.

Dr. Celso Sanseverino / Dra. Nelly Sanseverino

Dr. Celso Sanseverino / Dra. Nelly Sanseverino

Dr Celso Sanseverino (CROSP 35631) Especialista em Prótese Dental, Estética e Dor e Disfunção da Articulação Temporomandibular Dra Nelly Sanseverino (CROSP 35821) Especialista em Ortodontia, Ortopedia Facial e Disfunção Temporo-Mandibular e Dor Orofacial

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

NOSSAS INICIATIVAS
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade