PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
A vacinação de mulheres grávidas contra a gripe protege suas crianças
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
A vacinação de mulheres grávidas contra a gripe protege suas crianças

A vacinação de mulheres grávidas contra a gripe protege suas crianças

21/07/2016
  634   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Bebes nascidos de mulheres grávidas vacinadas contra a gripe durante a gravidez são significativamente menos propensos a ter doenças gripais, segundo estudo, publicado na edição de junho da revista Pediatrics que examinou o estado de vacinação de 245,386 mulheres e taxas de doenças gripais em suas 249,387 crianças.

Os autores relatam uma redução de 64% de risco para doenças semelhantes à gripe, uma redução de 70% em influenza confirmada por laboratório, e uma diminuição de 81% para hospitalizações por gripe durante os primeiros seis meses de vida para essas crianças. Além disso, os autores relatam que 97% de todos os casos de gripe confirmados por laboratório ocorreram em crianças nascidas de mulheres que não receberam uma vacina contra a gripe durante a gravidez.

 

Eles concluem que o estudo reforça a evidência de que a vacinação de mulheres grávidas fornece proteção contra a gripe para as crianças durante  a época mais vulnerável, nos primeiros seis meses de vida, quando eles não têm idade suficiente para receber a vacina contra a gripe diretamente e deve ser uma prioridade de saúde pública.

 

Este ano tivemos um período atípico para gripe, com casos graves antes da época esperada. De qualquer forma, a vacina rotineira de pessoas do grupo de risco pode atenuar os danos, e isto inclui as mulheres grávidas ou que pretendem engravidar.

 

​​

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: Pediatrics Junho de 2016

 

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade