PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Alerta para diabetes tipo 2 em crianças
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Alerta para diabetes tipo 2 em crianças

Alerta para diabetes tipo 2 em crianças

14/03/2013
  647   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Diretrizes elaboradas pela Academia Americana de Pediatria visam o controle desse quadro

criança diabete tipo 2

Ao longo das últimas três décadas, a prevalência na infância da obesidade tem aumentado dramaticamente no mundo, incluindo o Brasil. Com isso, as doenças associadas (comorbidades) trazem uma série de problemas de saúde, entre elas, diabetes tipo 2 que, antigamente, afligia principalmente os adultos.

Para ajudar os pediatras americanos a cuidar dessa população, a Academia Americana de Pediatria emitiu um conjunto de diretrizes para fornecer recomendações baseadas em evidências sobre o gerenciamento de diabetes tipo 2 na faixa etária de 10 aos 18 anos de idade.

Essas diretrizes são as primeiras para essa faixa etária e foram escritas em colaboração com a Associação Americana de Diabetes, a Sociedade Americana de Endocrinologia Pediátrica, a Academia Americana de Médicos de Família e da Academia Americana de Nutrição e Dietética.

As diretrizes foram publicadas na edição de fevereiro de 2013 da revista Pediatria e as principais orientações são:

1. As diretrizes recomendam começar o tratamento com insulina no momento do diagnóstico em todos os pacientes que estão em cetose ou cetoacidose diabética, marcadamente hiperglicêmico,

Ou quando a distinção entre diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2 não é clara.

Em todos os outros casos, a metformina é recomendada como terapia de primeira linha, juntamente com um programa de modificação do estilo de vida. Isso inclui nutrição e atividade física.

As orientações incluem recomendações para controle glicêmico de pacientes pediátricos, a implementação de esquemas de insulina, dieta e prática de atividade física.

Embora essas recomendações sejam das diversas Academias Americanas, acredito que sirvam de orientações para nós aqui no Brasil. Se seu filho é obeso ou tem diabete tipo 2, converse com o pediatra.

Por: Dr. José Luiz Setúbal
Fonte: “Set of guidelines to provide evidence-based recommendations on managing type 2 diabetes in children ages 10 to 18” | Revista Pediatrics (Fev- 2013)

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade