PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Anestesia e Crianças: O dia do procedimento
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Anestesia e Crianças: O dia do procedimento

Anestesia e Crianças: O dia do procedimento

12/02/2016
  5847   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

A Academia Americana de Pediatria (AAP) responde a perguntas de pais sobre a preparação para a anestesia.

Meu filho pode comer, beber, ou tomar o remédio no dia da anestesia?

Exceto para situações de emergência, o estômago de seu filho deve estar vazio quando a anestesia é iniciada. Isso ajuda a evitar o vômito, que poderia ocasionar a entrada de ácido ou conteúdo do estômago nos pulmões. Antes da anestesia do seu filho, é importante verificar com o seu cirurgião ou anestesista sobre diretrizes específicas para o seu filho. Aqui estão recomendações gerais.

Crianças menores de 1 ano de idade:

  1. Jejum de alimento sólido até 8 horas antes da anestesia. Tenha em mente que a comida para bebê e cereais são alimentos sólidos.
  2. Jejum de fórmula infantil até 6 horas antes da anestesia.
  3. Jejum de leite materno até 4 horas antes da anestesia.
  4. Líquidos claros até 2 horas antes da anestesia.

Crianças de todas as idades:

  1. Jejum de alimento sólido até 8 horas antes da anestesia. De um modo geral, não há alimentos sólidos são permitidos depois de um certo tempo na noite antes da anestesia.
  2. Líquidos claros até 2 horas antes da anestesia. Tenha em mente que o leite e fórmula de bebê não são líquidos claros.

Cada hospital tem suas próprias diretrizes específicas para o jejum ou comer e beber antes da anestesia. Não seguir as orientações do seu serviço de saúde podem resultar no atraso ou cancelamento do procedimento de seu filho.

Além disso, pergunte ao seu médico anestesiologista sobre os medicamentos de rotina que podem ser tomados no dia da anestesia. Alguns tipos de medicamentos devem ser parados antes do procedimento. Quase todos os medicamentos aprovados devem ser dados na manhã de anestesia com pequenos goles de água, mas não misturada com sólidos. Lembre-se de informar o médico sobre ervas naturais e outros tipos de medicamentos.  

Lembretes importantes:

Na manhã do dia que seu filho receberá anestesia:

  • Certifique-se de seguir as instruções de jejum
  • Vestir o seu filho em roupas largas e confortáveis.
  • Dê ao seu filho medicamentos de rotina a menos que seja instruído do contrário.
  • Leve para o hospital um objeto favorito, como um cobertor, bicho de pelúcia ou outro brinquedo.
  • Seja um pai calmo e reconfortante para o seu filho.

O que o meu filho vai fazer enquanto espera para a anestesia?

  • A maioria dos grandes hospitais pediátricos têm uma sala de espera especial para as crianças. A equipe irá rever registros de seu filho, examiná-lo brevemente, lhe dizer como vão manter sua criança segura, discutir os riscos e responder a outras questões ou preocupações.

E se meu filho estiver preocupado?

Uma família calma e de suporte pode fornecer mais ajuda na garantia de que seu filho não ficará excessivamente preocupado ou chateado.

Sedativos (medicamentos para ajudar seu filho a relaxar) podem ser administrados antes do início da anestesia para ajudar a reduzir o medo e a preocupação das crianças. A indicação para uso ou não deste recurso dependem da idade da criança, do nível de ansiedade e estado de saúde, bem como as práticas do seu hospital.

Como será a anestesia?

A maioria das crianças deve receber uma anestesia da seguinte maneira:

  • Respirando gases anestésicos por meio de uma máscara. Neste procedimento não há dor da picada de agulha, por exemplo,  mas nem todas as crianças receberão este tipo de anestesia..
  • Por via intravenosa.
  • Injeção – uma picada pode ser necessária e pode ser assustador para uma criança, mas ela é rápida e a dor é breve.

Antes do dia da cirurgia, teste ou tratamento, fale com o seu filho sobre o uso de uma máscara. Explique que a máscara contém ar especial que ajuda as crianças a se sentirem sonolentas. A máscara pode ser tratada com um cheiro especial para torná-la mais confortável. No Hospital Infantil Sabará a criança é perguntada sobre o “cheirinho” que ela gosta e quer para sua anestesia.

Para crianças mais velhas, a anestesia é geralmente iniciada por uma IV. Não importa como a anestesia é iniciada, seu filho vai ser mantido confortável e dormindo com anestésicos de gás e IV. Seu filho vai ficar dormindo durante a cirurgia, teste ou tratamento e será acordado uma vez que o procedimento esteja concluído. Se o seu filho precisa permanecer adormecido após o procedimento, o anestesiologista vai explicar isso para você.

Posso estar com o meu filho quando a anestesia é iniciada?

Alguns hospitais permitem este apoio (geralmente um dos pais) para ir com uma criança na sala de operação ou outra área onde a criança está a receber anestesia. Isso pode ser possível para procedimentos ou cirurgias programadas, mas não para uma cirurgia de emergência. Verifique sobre a política do hospital anteriormente. O anestesiologista do seu filho vai tomar a decisão final. Lembre-se: se você puder ficar com seu filho enquanto a anestesia é dada, será para apoiá-lo em seus medos. Faça isso para a criança, e não para si mesmo. No Hospital Infantil Sabará isto é permitido.

Se você é puder estar presente no início da anestesia, pergunte o anestesiologista de antemão o que você deve esperar e como seu filho pode reagir. Entender o que está para acontecer vai fazer você se sentir mais confortável, pois assistir seu filho sendo submetido a anestesia pode ser difícil.

É importante perceber que, mesmo se você tiver permissão para estar com seu filho para o início da anestesia, ele pode ainda ficar chateado antes de adormecer. Isso depende da idade da criança, temperamento e experiências passadas.

Para onde ele irá após o procedimento?

Seu filho vai para uma sala de recuperação anestésica ou uma unidade de terapia intensiva, dependendo do tipo de cirurgia, exame ou tratamento, bem como a condição médica de seu filho. Normalmente, os pais estão autorizados a estar com seu filho nessas áreas se a condição da sua criança é estável. Após um procedimento de rotina, a estadia de recuperação é geralmente de 30 minutos a 2 horas. Em seguida, seu filho pode ir para uma cama de hospital regular ou uma unidade de curta duração ou receber alta para casa.  No Hospital Infantil Sabará, os pais são chamados para acompanhar seus filhos na Recuperação Pós Anestésica.

Como o meu filho vai se comportar após o procedimento?

Crianças despertam da anestesia de formas diferentes. Bebês e crianças pequenas podem estar irritáveis até que os efeitos da anestesia passem totalmente. Se este for o caso, seu filho pode precisar de mais medicamentos sedativos enquanto dorme fora os efeitos remanescentes da anestesia.

Meu filho vai sentir dor?

Um dos principais objetivos da anestesia é evitar a dor durante e após o procedimento. Se o seu filho está com dor na sala de recuperação, pode ser necessária a medicina da dor.

Náuseas e vômitos são um problema?

Náuseas e vômitos são comuns após a anestesia e podem resultar da condição do seu filho, o procedimento, ou os efeitos colaterais da anestesia. Se o seu filho estiver vomitando muito, pode precisar ficar no hospital por mais tempo. Às vezes é necessário um pernoite não planejado no hospital. Existem medicamentos que podem ser dados para a criança durante ou após anestesia para reduzir a chance do problema.

Discuta suas perguntas ou preocupações com sua equipe de anestesia e médico do seu filho ou outro médico envolvido. Estes profissionais de saúde são treinados para fornecer conforto e segurança durante todo o processo. Certifique-se de manter sua equipe de anestesia informada sobre a saúde do seu filho antes do procedimento. Chame a equipe ou cirurgião do seu filho se a criança desenvolver uma doença como resfriado ou outra ou tenha sido exposto a varicela dentro de 3 semanas do procedimento.

Fonte Anestesia e seu filho: Informação para os Pais (Copyright © 2015 Academia Americana de Pediatria)

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade