PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Autoagressão de adolescentes
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Autoagressão de adolescentes

Autoagressão de adolescentes

28/08/2012
  778   
  3
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Pesquisa revela que existem jovens que se automutilam ou se autoagridem

meninos-e-meninas-que-se-automutilam-e-automachucam

Realmente o mundo que vivemos com nossos filhos está bem maluco! Lendo a revista Pediatrics de junho de 2012, deparei-me com um curioso artigo que relata um levantamento feito com 1.200 jovens de 7 a 16 anos, dos quais 670 responderam a um questionário sobre automutilação ou autoagressão não suicida.

Só o fato de alguém se preocupar em estudar isto já é assustador. Por que um jovem ou uma criança teria motivos para se autoagredir? Cerca de 8% dos entrevistados (sendo 9% das meninas e 7 % dos meninos) cometeram alguma agressão. As meninas relataram mais cortes e os meninos se bateram mais. A prática é mais comum em adolescentes.

Os autores não chegam a uma conclusão do que acontece e sugerem outros estudos para ver se isto ocorre em outras comunidades. De qualquer forma enxergam nesta agressão um distúrbio de comportamento que pode ser um sinal de alerta para distúrbios psicológicos.

Por Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: “Rates of Nonsuicidal Self-Injury in Youth: Age, Sex, and Behavioral Methods in a Community Sample,” Pediatrics on line – 11-6-2012

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade