PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Chupeta e as necessidades do bebê
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Chupeta e as necessidades do bebê

Chupeta e as necessidades do bebê

09/12/2015
  2221   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

 

chupeta

Todos os bebês nascem com a necessidade de sugar. Isto é importante porque os bebês precisam do reflexo de sucção para comer e beber. Sugar, para alguns bebês, também podem ter um efeito calmante e relaxante. Isto é outro assunto polêmico em pediatria.

O que eu preciso saber antes de oferecer uma chupeta?

Se seu bebê quer sugar além do que a amamentação fornece, uma chupeta pode satisfazer essa necessidade. Mas, antes de oferecer a chupeta, tenha as seguintes dicas em mente:

  1. Oferecer a chupeta após mamar e na hora de dormir – Isso ajuda a reduzir o risco de síndrome da morte súbita infantil. Se você está amamentando, espere cerca de 3 a 4 semanas para que o processo esteja funcionando bem.
  2. Não use uma chupeta para substituir ou atrasar as refeições. Ofereça apenas quando tiver a certeza que seu bebê não está com fome.
  3. Não force o seu filho a usar a chupeta se ele não quiser.
  4. Nunca amarrar a chupeta no berço, envolta do pescoço ou na mão da criança – é muito perigoso e pode causar ferimentos graves ou mesmo a morte.
  5. Esteja preparado para a noite de vigília. Se o seu filho depende de uma chupeta para dormir à noite, ele pode acordar quando a chupeta cai.

O que devo ter em mente ao comprar uma chupeta?

Chupetas têm tamanhos diferentes. Você também vai encontrar uma variedade de formas de bicos, a partir de versões “ortodônticas” para o tipo de “garrafa” padrão. Experimente diferentes tipos até encontrar aquele que o seu bebê prefere.

  1. Procure por um modelo de uma peça que tem um bico macio (esteja atento: alguns modelos podem quebrar em duas partes).
  2. A placa deve ser de pelo menos 5 cm de diâmetro para que um bebê não possa colocar toda a chupeta na boca. Além disso, deve ser feita de plástico firme com respiradouros.
  3. Siga as instruções sobre a chupeta e lembre-se de fervê-la. Limpe-a frequentemente, para que seu bebê não está exposto a germes. No dia-a-dia você pode lavar com sabão e enxaguar em água limpa.
  4. Tenha chupetas extras, pois, muitas vezes, elas caem e se perdem.
  5. Não use o bico de uma mamadeira como chupeta. Se o bebê suga com força, o bico pode se soltar e sufoca-lo.

Autor: Dr. José Luiz Setúbal.

Fonte: Polegares, dedos e chupetas (Copyright © 2006 Academia Americana de Pediatria, Actualizado 3/2012)

As informações contidas neste site não deve ser usado como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

 
Instituto Pensi

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

  • Patricia Ishibashi KiKugava disse:

    Parabens pela materia… todad as outras materias que eu li me deixaram com sentimento de que a qquer momento minha filha deixaria de mamar e issi me deixava muito culpada. Depois que li o texto de vcs me senti mais tranquila… obrigada.

  • Daniara Pessoa disse:

    A recomendação da OMS é não oferecer bicos artificiais para não atrapalhar a Amamentação. Temos hoje 53 dias de Aleitamento exclusivo. Esse texto é um desserviço ao Aleitamento. Quem é o autor?

  • Rayane Lobo disse:

    Tendo em vista que devemos priorizar a amamentação exclusiva (seguindo as normas da OMS e o bom senso) e que chupetas não devem ser oferecidas à crianças que são amamentadas (Seguindo também normas da OMS). Estou procurando entender o porque de um hospital divulgar esse texto.

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade