PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Dá para “pegar” cárie?
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dá para “pegar” cárie?

Dá para “pegar” cárie?

23/07/2018
  1278   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

SIM! Assim como várias outras, a cárie é uma doença contagiosa para as crianças.

A cárie é uma doença multifatorial que causa desmineralização dos tecidos do dente, levando à sua destruição. Uma das suas principais causas é o excesso de uma bactéria específica (Streptococcos Mutans). Quando não escovamos os dentes direito, ou comemos muito doce, essa bactéria se prolifera, gerando a cárie. No entanto, diferente do que muitos acreditam, ela pode ser passada para as crianças.

Até cerca de quatro anos de idade, a flora bacteriana da criança ainda está em formação e ela, portanto, está sujeita a contrair e manter várias bactérias em sua boca. Durante esse período, chamado de “janela de contaminação”, se a criança entrar em contato com a bactéria da cárie, ela irá aumentar o número dessas bactérias em sua boca para o resto de sua vida, ficando mais susceptível a desenvolver a doença.

A criança será contaminada pela bactéria toda vez que sua boca entrar em contato com a saliva de outras pessoas. Os adultos geralmente possuem maior número dessa bactéria, pois eles já tiveram mais tempo para desenvolver a cárie. Por isso, procure sempre evitar: dividir talheres com crianças, beijar crianças na boca, compartilhar escova de dentes, compartilhar pirulitos e outros alimentos. Ressaltamos ainda, que as direções das escolas devem estar sempre atentas para tentar impedir a troca de saliva (via objetos ou não) entre os alunos e entre alunos e professores.

Evitando-se a contaminação, evita-se a doença.

 

Dentistas responsáveis:

Dr Celso Sanseverino (CROSP 35631)

Dra Nelly Sanseverino (CROSP 35821)

Dra Ericka Ranzani (CROSP 74287)

Comunicação PENSI

Comunicação PENSI

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade