PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Estenose Laríngea
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Estenose Laríngea

Estenose Laríngea

02/06/2014
  3705   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

 childsorethroat

A estenose é um estreitamento anormal que pode atingir órgãos, vasos sanguíneos ou alguma estrutura tubular do corpo humano. Os sintomas da Estenose Laríngea, por exemplo, podem caracterizar-se nas regiões subglótica (laringe), glótica (que se refere à membrana laríngea) ou na traquéia (pescoço), causada pelo estreitamento do tubo da laringe e/ou traquéia, dificultando a passagem do ar e da respiração. Já a Estenose Congênita, pode ser diagnosticada logo após o nascimento da criança e caracteriza-se por má formação embrionária, por estreitamento do tubo laringotraqueal.

 

Os tratamentos podem ser feitos a partir do primeiro dia de vida e, para identificar o problema, é necessário realizar uma avaliação por meio dos exames de broncoscopia rígida e broncoscopia flexível, para avaliar estruturas infraglóticas, espessura e extensão da estenose. Para tal, existem duas modalidades de tratamentos, o endoscópico e a cirurgia aberta, que serão realizados de acordo com o tipo, grau e extensão da estenose, além dos fatores clínicos que envolvem idade, malformações associadas e estado nutricional. Todos os procedimentos são feitos no centro cirúrgico, sob anestesia geral e a criança recebe alta no mesmo dia.  As taxas de sucesso no tratamento endoscópico primário da estenose subglótica variam de 40% a 94%, dependendo de sua gravidade.

 

Para o grau I, o tratamento é apenas observatório e geralmente em crianças que apresentam inflamações na laringite. Para os graus II e III, o tratamento inicialmente é pela dilatação endoscópica e, para o grau IV, o tratamento é a cirurgia de Laringotraqueoplastia, com enxerto anterior/posterior ou Recontrução Laringotraqueal.

 

No Hospital Infantil Sabará, há uma equipe médica multidisciplinar especializada em Via Aérea Pediátrica, sob a coordenação da Dra. Saramira Bohadana, Médica Otorrinolaringologista, especializada em laringe pediátrica e em procedimentos cirúrgicos em Via Aérea Pediátrica.

 

Fonte: Dra. Saramira Bohadana,

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade