PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Final do ano letivo e início de novo ciclo
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Final do ano letivo e início de novo ciclo

Final do ano letivo e início de novo ciclo

26/11/2015
  576   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

back-to-school

Atualmente, com as mudanças de ordem social e econômica, muitos alunos ficam na maior parte das vezes, mais tempo com os professores do que com os próprios pais, ou responsáveis, que em muitos casos encontram-se no trabalho o dia todo. É, portanto com a escola que as famílias dividem e comungam a Educação dos filhos durante todo o ano.

Nesta época em que o fechamento do semestre escolar vem mais carregado dos processos afetivos desenvolvidos ao longo do ano, podemos ter um panorama geral para verificar tudo que se passou e o quanto os educadores, os pequenos ou jovens se transformaram, cresceram.

É chegado o momento de conversar com a família, avaliar as estratégias, dar devolutivas e encaminhar o aluno para o que lhe for mais conveniente, ou, oferecer dados valiosos aos pais sobre as etapas vencidas ou a vencer. Escola e família devem fazer uma análise dos pontos trabalhados com a criança.  A narração do professor deve ser o produto de toda uma pesquisa e observação do que não foi bem com o aluno em relação a uma conduta esperada, nos aspectos cognitivos, emocionais ou sociais, como nos processos alcançados. À família, entretanto, cabe considerar os pontos relevantes para seu entendimento. Dessa forma, as duas instituições encontrarão as estratégias para superar as dificuldades ou reconhecerão os potenciais alcançados pelo aluno.

Fundamentalmente, focar nas conquistas, e não somente no que falta à aprendizagem, é a chave para o fechamento do semestre e o início do próximo ano!

Apresente e reconheça aos pais os potenciais e conquistas do filho, suas qualidades, o que realmente faz bem, no que ele se destaca.

Ser ouvinte, acolhedor e mediador são habilidades do professor que devem ser direcionadas ao aluno e à família; por esta razão, procure utilizá-las nesta relação de afeto e na solução do que não está bem na aprendizagem. O professor é uma figura significativa para o aluno e ao aplicar esta conduta ética e humanista pode influenciar e modificar ambas as partes.

Gosto muito de uma frase de Jung que ilustra esse contexto:

‘’Quando estiver em frente a uma alma humana, seja simplesmente outra alma humana. ’’

O resultado dessa ética é o novo olhar do aluno sobre si mesmo, como passou a se perceber e a se constituir, depois da convivência com esse professor. É a complementaridade professor e família e o aluno como autor da nova situação que passará a desenhar.

O vínculo na relação professor aluno é algo que encanta, é nesse relacionamento que a criança reprocessa suas concepções afetivas, reforça, ou cria sua consciência pessoal, porque o indivíduo vem com potenciais inatos que irá desenvolvê-los dependendo da estimulação recebida no ambiente escolar.

Concluo que encerrar um ano letivo é uma vitória! Seja qual for o resultado, é o ponto de partida para outras aprendizagens, e o professor, o mediador entre o afetivo e o intelectual.

 assinatura_Liliam

 

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade