PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Mudança de voz no adolescentes
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Mudança de voz no adolescentes

Mudança de voz no adolescentes

12/04/2017
  22212   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Ontem, a voz de seu filho soava como a de um menino, mas hoje, você ouviu aquele primeiro desafinado em sua voz. Ele começou a puberdade e várias coisas sobre ele estão mudando. Junto com mudanças óbvias na aparência física, sua voz começará soar muito diferente. Por um tempo, ele pode ter dificuldade em controlá-la e ele vai fazer todos os tipos de ruídos estranhos ao falar.

É a laringe que está causando todo esse barulho. À medida que o corpo passa pela puberdade, a laringe cresce e se torna mais grossa. Isso acontece em meninos e meninas, mas a mudança é mais evidente em meninos. As vozes das garotas só se aprofundam com um par de tons e a mudança é quase imperceptível. As vozes dos meninos, no entanto, começam a ficar significativamente mais profundas.

A laringe está localizada na garganta e desempenha o papel principal na emissão do som da voz. Dois músculos, ou cordas vocais, são esticados através da laringe – como se fossem um tipo de elástico. Quando uma pessoa fala, o ar sai dos pulmões e faz vibrar as cordas vocais, o que, por sua vez, produz o som da voz. O tom do som produzido é controlado por quão fortemente os músculos da corda vocal se contraem quando o ar dos pulmões os atinge.

Antes de um menino chegar na puberdade, sua laringe é muito pequena e suas cordas vocais são pequenas e finas. É por isso que sua voz é mais aguda (fina) do que a de um adulto. Mas como a puberdade, a laringe fica maior e as cordas vocais alongam e engrossam, então sua voz fica mais profunda. Juntamente com a laringe, as cordas vocais crescem significativamente mais tempo e se tornam mais grossas. Além disso, os ossos faciais começam a crescer. Cavidades dos seios nasais, nariz e parte de trás da garganta crescem mais, criando mais espaço no rosto, o que dá à voz mais espaço para ressoar.

Enquanto o corpo de um menino se ajusta a esta mudança, sua voz pode “rachar” ou “desafinar”. Este processo dura apenas alguns meses. Uma vez que a laringe está terminando de crescer, e a voz do seu filho não vai fazer esses sons imprevisíveis.

Esses desafinos na voz de um menino são apenas uma parte desta normal e natural fase de crescimento. Assim como ele está se acostumando com as grandes mudanças em seu corpo, ele tem que se adaptar também ao som do que ele está dizendo.

Junto com outras mudanças óbvias na adolescência, há uma mudança significativa na área da garganta. Quando sua laringe cresce, ela se inclina para um ângulo diferente dentro do pescoço e parte dele sobe na frente da garganta. Esta é o “pomo de Adão”. Nas meninas, a laringe também cresce mais, mas não tanto quanto um menino faz, é por isso que as meninas não têm maçãs proeminentes de Adão.

A época é diferente para cada um, então algumas vozes de meninos podem começar a mudar mais cedo e algumas podem começar um pouco mais tarde. A voz de um menino normalmente começa a mudar entre as idades de 11 e 14, geralmente logo após o surto de crescimento maior. Algumas vozes de meninos podem mudar gradualmente, enquanto outras podem mudar rapidamente.

 

Se o seu filho está preocupado, estressado, ou envergonhado com o som de sua voz, faça com que ele saiba que é apenas uma fase temporária e que todo mundo passa por ela até certo ponto. Depois de alguns meses, ele provavelmente terá uma voz ressonante, profunda e cheia como um adulto!

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: http://kidshealth.org

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade