PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Os níveis de colesterol em crianças e adolescentes
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Os níveis de colesterol em crianças e adolescentes

Os níveis de colesterol em crianças e adolescentes

04/04/2016
  1005   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

A Academia Americana de Pediatria (AAP) recomenda que todas as crianças, entre 9 e 11 anos, devem medir os níveis de colesterol no sangue, devido à crescente epidemia de obesidade em crianças. Além disso, a AAP também recomenda o teste de colesterol para os seguintes grupos de crianças:

  • Aqueles cujos pais ou avós tiveram ataques cardíacos ou foram diagnosticados com artérias bloqueadas ou doença que afete os vasos sanguíneos, como acidente vascular cerebral, aos 55 anos ou menos nos homens, e 65 anos ou menos nas mulheres.
  • Aqueles cujos pais ou avós têm níveis de colesterol total no sangue de 240 mg / dL ou superior.
  • Aqueles cujo histórico de saúde da família não é conhecido (por exemplo, muitos filhos adotados), ou aqueles que têm características associadas a doenças cardíacas, como pressão arterial elevada, diabetes, tabagismo ou obesidade.
  • Para as crianças nessas categorias, o primeiro teste de colesterol deve ser realizado depois dos 2 anos de idade e o mais tardar até os 10 anos de idade.

Uma criança pode ter o colesterol elevado por uma variedade de razões, tais como obesidade, diabetes, doença hepática, doença renal, ou uma disfunção da tiroide. Se um exame inicial mostrar níveis elevados de colesterol, o pediatra irá verificar o sangue da criança novamente, no mínimo duas semanas mais tarde, para confirmar os resultados. Se ainda for alto, o médico também irá determinar se a criança tem uma doença subjacente.

Relatórios recentes do governo americano indicaram que há boas evidências de que crianças com problemas de colesterol se tornam adultos com colesterol alto. Por isso, é importante controlar desde cedo.

​ Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte Adaptado de Nutrição: O que cada pai precisa saber (Academia de Copyright © Americana de Pediatria 2011)

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e a orientação de seu pediatra. Podem haver variações no tratamento que o profissional pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade